in

Gatos que virariam comida, são libertados [ video ]

Quase 700 gatos foram encontrados famintos em gaiolas imundas, e segundo uma fonte, muitos gatos eram roubados e estavam prontos para serem servidos como alimento.

As imagens são de cortar o coração e mostram os gatos miando de dor e fome amontoados em gaiolas enferrujadas, como se fosse restos de alguma coisa.

Segundo o MailOnline, boa parte dos gatos eram roubados e depois vendidos para restaurantes para serem abatidos, o caso aconteceu na Linfen, sudoeste da China.

E os gatos só foram salvos, porque a ativista dos direitos dos animais, Li, foi informada que os gatos estavam no quintal de um hotel na cidade. Li informou que os animais haviam sido trazidos de diferentes lugares e estavam esperando para serem transportados aos restaurantes.

Veja o video de partir o coração

Foi resgatado quase 700 gatos e estão sendo cuidados por seus voluntários, e todos foram bem acomodados em gaiolas próprias.

“Nós mudamos eles para gaiolas para animais de estimação. Estamos dando água e comida ‘, disse um porta-voz do grupo de resgate.

Devido a quantidade os veterinários estão verificando se há gatos feridos ou doentes. Infelizmente essa prática ainda existe na China, e segundo autoridades eles estão tentando mudar.

Duas cidades chinesas proibiram seus moradores de comer cães e gatos com uma nova lei em resposta à crise global da saúde.

gatos presos na china

Especialistas na China disseram em janeiro que o coronavírus provavelmente saltou para seres humanos de animais selvagens vendidos como alimento em um mercado em Wuhan, que foi onde tudo começou.

Na sexta-feira passada, o governo chinês aumentou o nível de proteção dos pangolin (um animal parecido com o tatu) da classe dois para a classe um. A medida significa que qualquer pessoa considerada culpada de caçar e negociar os animais vai ter o dobro da pena de prisão.

Os pesquisadores chineses descobriram evidências de que um pequeno número de pangolins malaios (Manis javanica) seja portador do novo coronavírus, segundo um artigo publicado revista científica Nature, no dia 26 de março.

Written by Andreia Landa Pandim

Uma pessoa que ama viver, mas que sempre precisa dos outros para ser feliz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

golpe

Golpes românticos iniciam online e terminam em pesadelo

faceapp

Você sabe os riscos de usar o Faceapp ?