alimentação natural cachorro
in

O que é alimentação natural para cães

Publicidade

A alimentação é um dos principais fatores de preocupação de tutores de animais de companhia, uma vez que esta garante a saúde do animal de estimação. Atualmente, muitos “pais de peludos” estão optando por abandonar a ração industrializada e adotar a alimentação natural.

Mas o que realmente é a alimentação natural ?

alimentação natural do cachorro

Primeiramente, alimentação natural não pode ser confundida com alimentação caseira. Alimentação caseira pode sim ser natural, entretanto, dar sobras da própria comida ao animal não é necessariamente a alimentação natural que estamos a considerar.

Embora já haja algumas (escassas) empresas que atuem nessa vertente de alimentação natural, geralmente, quem opta por mudar a dieta do Pet e aderir à alimentação natural, produz o alimento em casa.

A alimentação natural para cães (ou AN) baseia-se numa dieta balanceada, com a utilização de ingredientes naturais, sem a interferência de processos industriais. Os únicos tipos de processamentos dos alimentos é o cozimento e congelamento.

A dieta natural contém os níveis de nutrientes necessários à manutenção da sanidade animal, ou seja, consiste numa ração com ótimos níveis de proteína animal, gorduras saudáveis e carboidratos de baixo índice glicêmico, além de níveis de minerais e vitaminas adequados.

A alimentação natural para cães pode ser cozida ou, em alguns casos, até pode ser oferecida crua. Contudo, o modelo mais procurado e mais popularizado é a dieta natural cozida, devido a facilidade da oferta diária e o risco de se fornecer alimentos crus, como a carne, que pode vir a ser fonte de contaminação.

A utilização de legumes, verduras e hortaliças na alimentação natural promove o enriquecimento da dieta do animal, disponibilizando carboidratos fibrosos, vitaminas e minerais de alta qualidade. As frutas também podem entrar no cardápio canino. Contudo, uva e abacate podem ser bem tóxicos ao animal. Assim como, frutas cítricas que são agressivas ao estômago, como laranja e abacaxi, devem ser evitados.

Publicidade

E os ossos? Há dietas cozidas que desconsideram o uso de ossos na preparação do alimento, uma vez que, com o cozimento, os ossos tendem a amolecer e facilmente produzirem estilhaços ao serem quebrados, o que pode afetar o trato digestório do animal. Para fornecer ossos aos cães com segurança, é necessário que estes estejam crus.

A carne (também vísceras) continua sendo a base da alimentação de cães, apesar de atualmente verificarmos um carnivorismo flexível, a ponto dos vegetais integrarem 30% da dieta na formulação da alimentação natural.

Embora apresente grandes vantagens à saúde animal, a alimentação natural deve ser ofertada gradativamente e com acompanhamento de profissional qualificado, pois alimentação natural não é apenas oferecer frango, arroz e cenoura ao animal. Esse tipo de dieta leva a problemas sérios de saúde por deficiência nutricional. É necessário enfatizar que a dieta natural deve apresentar medida e proporção.

Dietas caseiras, frequentemente, sofrem preconceito e resistência de alguns nutricionistas de animais porque há pessoas que assumem a alimentação do cão sem critérios. Esse comportamento pode prejudicar imensamente a saúde do animal.

Mesmo crescente, o mercado de alimentação natural ainda é muito restrito e há pouca oferta para atender a real demanda por rações baseadas na dieta natural. Logo, é necessário que os tutores sejam responsáveis, criteriosos e consultem veterinário e/ou zootecnista experiente em nutrição de cães para aprender a preparar o alimento do pet da melhor forma possível.

Written by Ana Paula Maia

What do you think?

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
mau hálito

Dicas para evitar o mau hálito

Filho de Trump

Filho de Trump ganha permissão para caçar urso no Alasca