Alimentos que provocam gases e alimentos que ajudam a combater gases

0

Receba atualizações em tempo real grátis

Os sintomas de gases intestinais ou estomacais são relativamente frequentes e incluem a sensação de barriga inchada, ligeiro desconforto abdominal e arrotos constantes, por exemplo.

Normalmente estes sintomas surgem após uma refeição muito grande ou quando se falou muito enquanto se comia, devido à deglutição de ar, melhorando facilmente após a eliminação dos gases, seja através da liberação intestinal ou na forma de arrotos.

No entanto, também existem casos em que esses gases não conseguem ser facilmente eliminados, o que acontece especialmente em pessoas com prisão de ventre. Nessas situações, os sintomas podem ser mais intensos e até levar a pessoa a suspeitar de problemas graves, como alterações cardíacas ou até um infarto, já que é comum o surgimento de uma dor na região do peito.

Além disso, devem ser evitados alimentos que provocam gases, como:

  • Leguminosas:ervilha, lentilha, grão-de-bico, feijão;
  • Vegetais verdes: repolho, brócolis, couve de Bruxelas, repolho;
  • Alimentos ricos em frutose:alcachofra, cebola, peras, trigo e refrigerantes;
  • Lactose: o açúcar natural do leite;
  • Alimentos ricos em amido:milho, macarrão e batatas;
  • Alimentos ricos em fibras solúveis:farelo de aveia e frutas;
  • Grãos integrais:arroz integral, farinha de aveia e farinha de trigo integral;
  • Sorbitol e xylitol: que são adoçantes naturais;
  • Ovos

O que ajuda combater gases ?

Um excelente remédio caseiro para eliminar os gases intestinais é tomar um chá de ervas recentemente preparado, como por exemplo o chá de erva-doce, genciana, folhas de abacateiro ou cardamomo.

Estes chás são indicados porque possuem propriedades antiespasmódicas para facilitam a passagem das fezes pelo intestino, aliviando a dor e diminuindo naturalmente a produção de gases. Veja como preparar cada receita.

Além de retirar os alimentos que estimulam a formação de gases, também é importante incluir na dieta produtos que melhoram a digestão e a saúde da flora intestinal, como:

  • Tomate e chicória;
  • Iogurte kefir ou iogurte natural com bífidos ou lactobacilos, que são bactérias boas para o intestino;
  • Consumir abacaxi ou mamão no final das refeições, pois são frutas que ajudam na digestão;
  • Consumir chás de erva-cidreira, gengibre, erva-doce ou carqueja.

Melhores chás para combater gases

chá para gases

Os chás de ervas são uma ótima alternativa caseira para ajudar a eliminar os gases intestinais, diminuindo o inchaço e a dor, e podem ser tomados assim que os sintomas aparecem ou na rotina diária.

Além dos chás, também é importante praticar exercícios físicos, beber bastante água e fazer uma alimentação leve à base de sopas, verduras, legumes e frutas, evitando alimentos que causam gases, assim como vimos no início do artigo.

Chá de hortelã-pimenta

A hortelã-pimenta é uma das plantas que parece ter maior efeito sobre o excesso de gases devido ao seu efeito cominativo, tendo até vários estudos que comprovam sua eficácia na redução de sintomas intestinais em pessoas com síndrome do intestino irritável.

Além disso, esta planta também tem efeito relaxante que ajuda a diminuir a tensão nos músculos do sistema digestivo, facilitando a liberação de gases.

Ingredientes

  • 6 folhas frescas de hortelã-pimenta ou 10 gramas de folhas secas;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo

Juntar os ingredientes em uma xícara e deixar repousar por 5 a 10 minutos. Depois coar, deixar amornar e beber 3 a 4 vezes por dia, ou sempre que necessário.

O ideal é que a hortelã-pimenta seja colhida pouco tempo antes de fazer o chá, para obter o melhor resultado, no entanto, também pode ser usada na sua forma seca.

Chá de erva-doce

Esta é outra planta muito bem estudada para reduzir a quantidade de gases intestinais e que é utilizada em diversas culturas para esse fim. Além de diminuir a quantidade de gases, a erva-doce também evita as cólicas abdominais e alivia a dor de estômago.

Ingredientes

  • 1 colher (de sopa) erva-doce;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo 

Colocar a erva-doce em uma xícara e cobrir com a água fervente. Deixar repousar por 5 a 10 minutos, esfriar, coar e beber a seguir, fazendo isso de 2 a 3 vezes por dia após as refeições.

A erva-doce é bastante segura e pode até ser usada para tratar cólicas em bebês, no entanto, o ideal é conversar com o pediatra antes de utilizar.

 Chá de erva-cidreira

A erva-cidreira também é muito utilizada na medicina popular para tratar excesso de gases e outros distúrbios digestivos. Esta planta possui óleos essenciais, como o Eugenol, que ajudam a aliviar a dor e a reduzir o surgimento de espasmos musculares, contribuindo para a menor formação de gases.

Ingredientes

1 colher (de sopa) de folhas de erva-cidreira;

1 xícara de água fervente.

Modo de preparo

Adicionar as folhas na xícara de água fervente, tampar e deixar repousar entre 5 a 10 minutos. Depois coar e beber 2 a 3 vezes por dia.

É importante não adicionar açúcar ou mel, pois eles também provocam gases.

Receba atualizações em tempo real grátis

Deixe um cometário :)

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

close