Amor na internet pode dar certo

1

Receba atualizações em tempo real grátis

A internet mudou a forma das pessoas se relacionar, muitas pessoas acham que a internet distanciou as pessoas, mas um estudo da Universidade de Stanford, diz ao contrário, os geeks (pessoas que gostam de tecnologia), conhecidos por permanecerem horas e horas conectados, formam hoje o grupo com mais chances de arrumar namoradas. E isto já não é novidade, muito casais foram unidos por sala de papos, comunidades, sites, Irq, ICQ, MSN … e por ai vai,o amor na internet pode dar certo, veja dicas e conheça historias de quem encontrou o amor na internet.


Especial : Confira novidades da Natura para essa semana (acesse aqui)

A internet é um bom lugar para encontrar pessoas e isso não é nenhuma novidade. Muitos autores já estudaram a forma como as pessoas têm usado a internet para se relacionar, ressalta a psicóloga Alessandra dos Santos Menezes Dela Coleta, que em 2008 teve um artigo sobre o assunto publicado no periódico Psicologia em Estudo.

Segundo a especialista, a internet realmente tem sido usada para tal fim, embora muitas pessoas tenham afirmado durante sua pesquisa que a rede é importante apenas para o primeiro contato. “Quem busca algo mais sério aposta no encontro pessoal”, diz a psicóloga. A internet facilita o contato entre pessoas de diferentes lugares do país e do mundo, que talvez nunca fossem se encontrar na agitada vida real. Apesar de haver muitas histórias com finais felizes, se quiser apostar em um relacionamento virtual, você deve tomar alguns cuidados.

Segue nossas dicas   1. Sempre conte a alguém onde você está indo e quando voltará. Deixe com essa pessoa nome e telefone da pessoa com quem você vai se encontrar. Se o pretendente te pedir para manter o encontro em segredo, isso é um grande sinal de perigo;

2. Sempre marque encontro em um lugar público e, se possível, que você freqüente e conheça pessoas. Fique perto de algum grupo e em lugar iluminado;

3. Encontrem-se no local e não dependa da pessoa para voltar para casa. Assim, você poderá sair a hora que quiser, principalmente em situações de perigo;

4. Leia o arquivo pessoal antes do encontro e preste muita atenção na conversa. Se você achar que a pessoa está mentindo tome cuidado redobrado;

5. Por mais simpática e agradável que a pessoa seja, nunca a leve para casa após o primeiro encontro. Lembre-se sempre que trata-se de um estranho. Nos próximos encontros, use o bom senso;

6. Seja esperto e esteja seguro nas suas iniciativas;

7. Saiba em quem você está apostando seu coração. Informação é a chave do sucesso. E quem sabe o amor da sua vida não está escondido na rede ?, tem muita gente que consegue transformar esses encontros virtuais em namoros reais e até em casamento, e isso que vamos mostrar agora, pedimos para nossos leitores que conheceram sua cara metade na internet que nós contássemos sua história, recebemos 67 histórias e selecionamos três para você escolher a melhor :

Amor na net 1 – Encontros e desencontros
Bom, eu conheci meu noivo, que na prática é marido em 2007. Nos conhecemos no Orkut, na época que era decente, em maio. Conversávamos todos os dias e sempre tinhamos assunto. Em Julho, nos encontramos pela primeira vez e foi como se nos conhecêssemos a muito tempo. Tinhamos afinidade, assunto e atração. Nosso encontro terminou quando estava amanhecendo e tudo que eu mais queria era que não terminasse. Nos vimos nos dois dias seguintes com a sensação que não ficaríamos juntos, mas com desejo de continuar. Ele tinha planos de voltar para Porto Seguro – BA e eu ia continuar no Rio. No período que ele foi para a BA, eu fui para Brasília e ligava para ele todos os dias, mesmo que fosse para falar rapidinho. Quando voltei para o Rio, ele ainda estava lá, mas tinha planos de voltar. Abri o jogo e disse que eu estava gostando dele, mas que não ficava. Para dar um beijinho que fosse, teria que namorar. Ele ficou assustado e eu expliquei que estava falando em namoro e não em casamento. Ele entendeu meu ponto de vista e voltou para o Rio. No dia seguinte ao retorno (não pude busca-lo no aeroporto já que tinha um compromisso), ele foi tomar café da manhã comigo e me pediu em namoro. Um mês depois, ele me deu uma aliança de compromisso e disse que queria morar comigo. Com quase três meses, tomei coragem de sair da casa da minha mãe e fomos morar juntos. Deu certo. Hoje estamos fazendo 4 anos de relacionamento e não há uma gota de arrependimento em mim. Sou grata à internet, orkut, msn e todo a cyber vida que podemos ter, já que nos conhecemos assim. Sei que alonguei muito, mas cada pedacinho vale muito para mim. Enviada por : Cecília Belém

Amor na net 2 – Namorokut
Conheci meu atual namorado, Lívio, pelo orkut. Ele me adicionou de uma comunidade (de várias) que tínhamos em comum e ficamos mais ou menos um mês conversando por msn, até trocarmos telefone e não acontecer absolutamente nada, menino tímido, sacomé. Eu que tomei a iniciativa de ligar pra transformar o até então bate papo virtual em algo mais real e em menos de meia hora de conversa ele marcou de nos encontramos e nos conhecermos. Marcamos numa praça bem movimentada, até pq eu já tinha experiência em encontros pela net, e foi amor à primeira risada. O mais interessante é que ele estava gripado nesse dia então não trocamos um beijo sequer e o próximo encontro já foi marcado na casa dele, com direito a conhecer família, gato, cachorro, periquito…bem, resumindo, vamos fazer 2 anos juntos no próximo dia 08 de agosto e sim, relacionamentos com gente que conhecemos pela net dá certo sim, estamos super felizes e ainda dou boas risadas com ele (pra mim, o termômetro do relacionamento é o quanto de risadas o casal dá junto…quer dizer, um dos…). Enviada por : Daniela Roeder

Amor na net 3 – Amor de triplo sentido
Em 2001 eu e o LF nos conhecemos pelo Bate Papo da UOL. Não só eu fiz amizade com ele,como meu irmão e minha mãe também. Nos conhecemos pessoalmente em uma festa, que reuniu várias pessoas que ‘frequentavam’ o mesmo bate papo.Após nos encontrarmos em alguns bares e festas da cidade, em setembro de 2002 começamos a namorar. Um ano depois estávamos noivos e em outubro do ano passado nos casamos. Neste meio tempo ele criam o site www.triplosentido.com . Fernanda e Luiz

Agora é a hora de você participar, envie sua historia com fotos se possível para editorial@elos.marcosdesignweb.com.br ou deixe seu comentário.

Receba atualizações em tempo real grátis

1 comentário
  1. elismar Diz

    muito bom

Deixe um cometário :)

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.