A

Justiça solta 40 dos 41 presos por participação em rinha de cães em SP

0

Receba atualizações em tempo real grátis

A rinha de cães que chocou o Brasil essa semana no interior de São Paulo parece que não chocou a Justiça, que mandou soltar 40 dos 41 presos.

Para que não sabe No último sábado (14/12), a polícia invadiu um local em Mairiporã, interior de São Paulo que tinha uma rinha de cães, onde 21 pit bulls foram resgatados, muitos deles em estado grave.

Várias ONGs foram chamadas inclusive da Luisa Mell, ” Foi uma das piores coisas que já presenciei, um cenário horroroso. E olha que estou acostumada, infelizmente. Eles foram mortos de tanto lutar para satisfazer o prazer destes doentes. Era uma coisa muito pavorosa “, conta a ativista Luisa Mell.

Apesar da policia ter achado  animais mortos, carne de cachorro assada e uma cena de brutalidade o Tribunal de Justiça de São Paulo mandou soltar, na segunda-feira, 40 dos 41 presos em flagrante por participar da rinha.

A organização criminosa era Internacional e o último duelo ocorreu na República Dominicana. “Todos eles são financeiramente bem sucedidos. Todos sabiam o que estavam fazendo”, disse um dos agentes.

Os pitbulls eram treinados em esteiras e com natação e fome e sede, de acordo com ele.

Um dos cachorros resgatado chegou a urinar sangue, de acordo com o delegado o delegado Matheus Laiola, da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente no Paraná.

A boa notícia, no entanto, é que nenhum dos animais recuperados precisaram ser sacrificado.

Receba atualizações em tempo real grátis

Deixe um cometário :)

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.