Desvende mitos e verdades sobre os sabonetes

Seja líquido ou em barra, para o rosto ou para o corpo, o item é indispensável na rotina de cuidados diários

0

Receba atualizações em tempo real grátis

Com uma diversidade grande de texturas, cores, tamanhos e fragrâncias, os sabonetes são fundamentais para limpeza da pele e para balancear a oleosidade necessária em cada região do corpo. Por isso, é importante escolher um produto específico para cada área, para que sejam tratadas de maneira a prevenir alergias, ressecamentos e até o envelhecimento precoce. O recomendado, de acordo com Joana Miranda, gerente de desenvolvimento de produtos da Natura, é que seja utilizado um sabonete diferente para região do corpo e necessidade.


Especial : Confira novidades da Natura para essa semana (acesse aqui)

Para o corpo

De acordo com a especialista, para o corpo as formulações têm uma maior capacidade de limpeza, maior poder de espumação e uma explosão de fragrância, pois foram desenvolvidos para o momento do banho.

Mãos

Já os produtos dedicados para as mãos mantêm o poder de limpeza, mas contêm maior concentração de agentes emolientes e condicionantes, que evitam o ressecamento.

Rosto

A especialista ressalta ainda, que os produtos para o rosto são formulados com tensoativos mais suaves e que promovem a limpeza mais delicada.

Mitos e verdades sobre sabonetes

O Ph presente em sabonetes para a pele do rosto e os sabonetes íntimos é diferente dos que são utilizados em todo o corpo.

Verdade. Os sabonetes para o rosto são formulados com tensoativos mais suaves, promovendo uma limpeza mais delicada, além de ter um pH ajustado para essa região do corpo. Já os sabonetes íntimos são ainda mais suaves e têm o pH específico para que não haja o desequilíbrio da microbiota natural desta região.

O sabonete que faz mais espuma é sempre o que limpa mais

Mito. Essa é uma associação bem comum, de que a espuma traz mais limpeza. Mas ela não é necessariamente verdadeira. A eficiência do produto é obtida pela capacidade do sistema de limpeza em se ligar com as moléculas orgânicas, enquanto a espumação abundante está mais ligada à forma de interação desses agentes entre si e com a água. Assim, é possível obter uma fórmula suave com alto poder de espumação, e vice versa.

A água quente, no caso do momento do banho, pode intensificar as propriedades do sabonete.

Verdade. A água quente aumenta a solubilidade das moléculas de sujidade e dessa forma facilita a remoção e a limpeza feitas pelo produto. Mas é preciso ter atenção especial com o rosto, para que a temperatura não seja muito elevada a ponto de interferir na integridade da pele e fazer a remoção excessiva da camada de proteção natural.

Para o rosto, o melhor é utilizar um sabonete líquido.

Mito. Não é a textura que mostra se o produto é o não melhor para a região, mas, sim, o seu pH. É comum, sim, que a formulação mais suave com tensoativos recomendados para o rosto, seja encontrada nos sabonetes líquidos, mas há produtos em barra que contêm o mesmo poder de limpeza. Na Linha Natura Tez, por exemplo, há o Sabonete em Barra Purificante, que exerce o mesmo cuidado na pele facial.

Receba atualizações em tempo real grátis

Deixe um cometário :)

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.