Site icon Portal Elos

O que causa assaduras em bebês?

assaduras em bebês

Nada é mais danoso para um coração de mãe do que ver o seu rebento sofrendo,  não é mesmo?


Veja : Natura faz liquidação, (acesse aqui)

Muitas vezes, eles estão chorando apenas porque querem comunicar algo simples para suas mães, e esta é a única forma que conhecem de fazê-lo. Em outras horas, no entanto, pode ser que estejam sentindo algum desconforto.

As assaduras, por exemplo, são um dos grandes motivos destes chorinhos. E, infelizmente, é bastante comum que surjam na pele do seu bebê.

Assaduras nada mais são do que uma espécie de irritação na pele, que acontecem normalmente na região coberta pela fralda.

Embora existam várias categorias amplas de causas de assaduras, a irritação por contato é a mais comum. Os indivíduos mais afetados por elas são os bebês e as crianças pequenas. No entanto, qualquer pessoa que use fralda fralda (por exemplo, um adulto incontinente) é um candidato a desenvolver este tipo de dermatite.

O que causa assadura em bebês:

As assaduras geralmente estão relacionadas a fraldas molhadas ou trocadas com pouca frequência, sensibilidade da pele e atrito.

Elas podem alarmar os pais e incomodar os bebês mas, geralmente, desaparecem com tratamentos caseiros simples, como a troca de fraldas com mais frequência e o uso de pomadas.

Conheça as causas mais comuns de assaduras em bebês :

Irritação nas fezes e na urina. A exposição prolongada à urina ou às fezes pode irritar a pele sensível do bebê. Seu bebê pode estar mais sujeito a assaduras se tiver evacuações frequentes ou diarreia, porque as fezes são mais irritantes do que a urina.

Roupas justas demais. Fraldas apertadas ou roupas que roçam a pele podem causar erupções.

Irritação de um novo produto. A pele do seu bebê pode reagir a lenços umedecidos, uma nova marca de fraldas descartáveis ​​ou a um detergente, alvejante ou amaciante usado para lavar fraldas de pano. Outras substâncias que podem agravar o problema incluem ingredientes encontrados em algumas loções, pós e óleos para bebês.

Infecção bacteriana ou fúngica. O que começa como uma simples infecção de pele pode se espalhar para a região circundante. A área coberta por uma fralda – nádegas, coxas e genitais – é especialmente vulnerável porque é quente e úmida, tornando-se um terreno fértil perfeito para bactérias e leveduras. Essas erupções podem ser encontradas nas dobras da pele e pode haver pontos vermelhos espalhados ao redor das dobras.

Introdução de novos alimentos. À medida que os bebês começam a comer alimentos sólidos, o conteúdo das fezes muda. Isso aumenta a probabilidade de assaduras.

Mudanças na dieta do bebê também podem aumentar a frequência das fezes, o que pode causar assaduras. Se o seu bebê for amamentado, ele pode desenvolver assaduras em resposta a algo que a mãe tenha comido.

Entenda a importância da alimentação saudável para as crianças

Pele sensível. Bebês com doenças de pele, como dermatite atópica ou dermatite seborréica (eczema), podem ter maior probabilidade de desenvolver assaduras. No entanto, a pele irritada da dermatite atópica e do eczema afeta principalmente outras áreas além da área da fralda.

Uso de antibióticos. Os antibióticos matam as bactérias – tanto as boas quanto as ruins. Quando um bebê toma antibióticos, as bactérias que mantêm o crescimento do fermento sob controle podem se esgotar, resultando em assaduras devido à infecção do fermento. O uso de antibióticos também aumenta o risco de diarreia. Bebês amamentados cujas mães tomam antibióticos também apresentam risco aumentado de assaduras.

Sintomas:

Um dos sintomas mais comuns de que seu bebê está assado é sua mudança de humor e de disposição.

Será possível notar que a criança parece mais desconfortável do que o normal, especialmente durante a troca de fraldas. Um bebê com assaduras geralmente se agita ou chora quando a área da fralda é lavada ou tocada.

Além disso, é essencial que você analise sempre a pele de seu bebê. Se você notar vermelhidão e maior sensibilidade, fique de olho, pois pode ser um sinal de que ele está começando a ficar assado. Isto ocorre especialmente nas nádegas, coxas e genitais.

Quando ver um médico:

Se a pele do seu bebê não melhorar após alguns dias de tratamento em casa, converse com seu médico. Pode ser que o caso do seu bebê exija um medicamento prescrito, específico para tratar as assaduras.

Sair da versão mobile