Pitbull ensina criança com síndrome de Asperger a abraçar a sua mãe

2

Receba atualizações em tempo real grátis

Joey Granados, foi diagnosticado Síndrome de Asperger aos 7 anos, a síndrome de Asperger é uma perturbação do desenvolvimento que se manifesta por alterações sobretudo na interação social na comunicação e no comportamento. Como resultado, Joey odiava o contato físico, e não gostava de ser abraçado ou beijado. Sua mãe, Amanda, achou que iria passar toda a sua vida sem abraçar o filho.

Mas tudo isso mudou quando Joey agora com 14 anos foi para um evento de adoção de animais alguns meses atrás. Joey encontrou seu amigo de quatro patas chamado Roxy, e quis adotar o pit bull. Joey ficou tão feliz de ter este novo amigo na sua vida, que deu espontaneamente na sua mãe um abraço e um beijo na bochecha. E isso não é foi única coisa que Roxy, fez para transformar a vida da família.

familia
Joey Granados (com a camisa preta na foto), foi diagnosticado Síndrome de Asperger aos 7 anos.

“Eu não tinha amigos, mas, depois de Roxy, eu fui capaz de fazer amigos”, disse Joey e completou “Em casa, eu fui capaz de segurar a mão da minha mãe, beijá-la, abraçá-la, e fazer um monte de coisas que eu não era capaz de fazer.”

Embora cada caso é diferente, parece uma opinião generalizada de que a interação com cães pode ser benéfica para pessoas portadoras destes transtornos. “Ele é esta muito mais feliz”, disse sua mãe Amanda, que descobriu um lado diferente de seu filho.

Os animais podem mudar as nossas vidas.

Receba atualizações em tempo real grátis

2 Comentários
  1. Sonia Diz

    Esse é o sonho de qualquer mãe que passa por isso

Deixe um cometário :)

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

close