Nervo ciático: o que é, sintomas e tratamento

0

Receba atualizações em tempo real grátis

A dor do nervo ciático está entre as principais queixas de dor lombar que afeta a população.

Se você está sentindo uma dor que se ramifica da parte inferior das costas, passando pelos quadris e nádegas, e desce pelas pernas, é provável que seu nervo ciático esteja inflamado.

Embora a dor associada à ciática possa ser intensa, a maioria dos casos desaparece com tratamentos não cirúrgicos em pouco tempo.

No entanto, pessoas com ciática grave associada a fraqueza significativa nas pernas ou alterações intestinais ou na bexiga podem ser candidatas à cirurgia.

Sintomas

A marca registrada da ciática é aquela dor que irradia da parte inferior da coluna (lombar) para as nádegas e desce pela parte de trás da perna (coxa e panturrilha). Geralmente isso ocorre em apenas um lado do corpo.

O desconforto pode variar bastante. Ele vai desde uma dor leve a uma sensação aguda de queimação ou dor excessiva. Pode ser pior quando você tosse ou espirra.

Algumas pessoas também apresentam dormência, formigamento ou fraqueza muscular na perna ou no pé afetado. Você pode sentir dor em uma parte da perna e dormência em outra.

Quando consultar um médico

A ciática leve geralmente desaparece com o tempo. Chame seu médico se as medidas de autocuidado não aliviarem seus sintomas ou se a dor durar mais de uma semana, for forte ou piorar progressivamente.

Procure atendimento médico imediato se você tiver perda de sensibilidade na perna afetada, fraqueza na perna afetada ou perda da função intestinal ou da bexiga.

Causas do nervo ciático

o que nervo ciático

As causas da ciática ocorrem mais comumente quando o indivíduo possui uma hérnia de disco, esporão ósseo na espinha ou estreitamento da espinha (estenose espinhal) comprime parte do nervo.

Isso causa inflamação, dor e até mesmo alguma dormência na parte afetada.

Fatores de risco

Os fatores de risco para ciática incluem:

Idade: Alterações na coluna vertebral relacionadas à idade, como hérnia de disco e esporão ósseo, são as causas mais comuns de ciática.

Obesidade: Ao aumentar o estresse na coluna, o excesso de peso corporal pode contribuir para as alterações na coluna que provocam a ciática.

Sedentarismo: Pessoas que ficam sentadas por períodos prolongados ou têm um estilo de vida sedentário têm mais probabilidade de desenvolver ciática do que pessoas ativas.

Diabetes: Esta condição, que afeta a maneira como seu corpo usa o açúcar no sangue, aumenta o risco de danos nos nervos.

Prevenção

Nem sempre é possível prevenir a ciática, e a condição pode reaparecer ao longo da vida.

No entanto, se você se exercitar regularmente, manter a postura correta ao sentar e evitar sobrecarregar seu corpo, certamente terá menos chances de desenvolver o problema.

Receba atualizações em tempo real grátis

Deixe um cometário :)

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

close