in

O que causa gagueira infantil ?

gagueira-infantil

A gagueira infantil é um distúrbio na temporalização da fala que acaba preocupando muito os pais e as mães, mas que existe tratamento.

A medidas que as crianças vão crescendo e se desenvolvendo é comum que seu comportamento se torne cada vez mais verbal e é nesse momento que é possível a identificação.

As preocupações quanto à gagueira infantil são bastante válidas, pois ela podem acarretar em outros problemas relacionados ao desenvolvimento da criança.

Por isso, vamos falar nesse texto sobre o que pode causar a gagueira infantil e muito mais.

Portanto, nos acompanhe até o final!

30O QUE É A GAGUEIRA INFANTIL?

Segundo o Dr. Dráuzio Varela, a gagueira consiste em um distúrbio neurobiológico que afeta a fala, caracterizado pela repetição de sons, sílabas ou paradas involuntárias que comprometem a fluência verbal.

Nesse sentido, devemos lembrar que é normal que as crianças pequenas se enrolem na hora de falar e tenham uma certa dificuldade.

Isso porque, elas estão mudando a forma como falam e aprendendo frases mais complexas, maiores e que exigem de coordenação motora para sua reprodução.

Contudo, essa gagueira infantil, que também pode ser chamada de uma disfluência de fala, acaba desaparecendo sozinha quando a criança passa a exercitar o hábito da fala, seja conversando com seus familiares ou amiguinhos de escola.

Infelizmente, em alguns casos a gagueira infantil persiste e se torna visível a necessidade de procurar a ajuda de um fonoaudiólogo para iniciar um tratamento.

Nesse caso, vale salientar que quanto antes iniciar o tratamento, melhores serão os resultados ao longo do crescimento da criança.

ESTATÍSTICAS DA GAGUEIRA

De acordo com o Instituto Brasileiro de Fluência, a gagueira é uma disfunção que acomete cerca de 5% de toda a população brasileira, ou seja, cerca de 10 milhões de pessoas.

Isso é uma estatística fundamental de se conhecer, tendo em vista que essa dificuldade de se falar é algo que iniciou com a gagueira infantil e culminou até a idade adulta.

Geralmente, a manifestação aparece normalmente, em 95% dos casos, quando o indivíduo possui menos de 5 anos de idade.

São poucos os casos que se iniciam após a o período da infância.

Por isso, a gagueira infantil é algo que merece uma atenção dos pais, pois se não for tratada, a tendência é de que permaneça durante sua vida adulta.

SINTOMAS

Agora vamos visualizar quais são os primeiros sintomas da manifestação da gagueira infantil e que merecem a atenção dos pais.

São eles:

  • Uso frequente de interjeições (ex.: “tipo, tá, né, viu”);
  • Prolongamento de sons;
  • Nervosismo excessivo para iniciar uma conversa;
  • Movimentos involuntários que demonstram tensão, como tremores, piscar de olhos, etc;
  • Sons de hesitação (ex.: ééééé, ahnnnn, etc)
  • Não há uma comunicação eficacaz.

Portanto, se seu filho já está apresentando alguns desses sintomas, fique atento e já agende uma consulta para avaliar seu caso e iniciar o seu tratamento o quanto antes.

O QUE CAUSA DA GAGUEIRA INFANTIL?

Atualmente podemos avaliar melhor a causa da gagueira infantil, que pode ser decorrente a diversos fatores, como os que vamos apresentar a seguir.

1 – GENÉTICA

Já é comprovado que a gagueira infantil pode ser causada devido a pretensão genética, pois existem alguns genes que ajudam no surgimento da gagueira.

Nesse caso, é comum que existam outros membros na família que apresentam essa mesma condição.

2 – CONDIÇÕES MÉDICAS

Outro motivo que pode levar à gagueira são condições médicas em que o paciente enfrentou, como AVC ou lesões intracranianas.

3 – SOCIAL

Em muitos casos, a gagueira infantil pode acontecer em decorrência de um ambiente social que não é adequado para o seu desenvolvimento social.

Isso consiste em ambientes que são agitados, com pessoas falando ao mesmo tempo e muito alto, não permitindo que a criança possua compreensão do que está acontecendo a sua volta.

4 – PSICOLÓGICO

Os problemas emocionais não causam a gagueira infantil, sendo justamente o contrário: a gagueira pode agravar problemas emocionais, aumentando sentimentos de desconforto e insegurança.

FATORES DE RISCO

Existem alguns fatores de risco que já são devidamente comprovados por aumentar as chances do desenvolvimento da gagueira infantil, como:

  • Histórico familiar;
  • Atraso no desenvolvimento infantil;
  • Gagueira que se extende por período maior de 8 semanas;
  • Gênero masculino (a taxa de remissão natural costuma ser maior em meninas).

TRATAMENTO

O tratamento para a gagueira infantil é algo que deve ser avaliado de maneira individual por meio da avaliação de um profissional da saúde.

O fonoaudiólogo irá avaliar a fluência da fala da criança, bem como outros fatores que interferem na disfunção, como componentes emocionais, TEA ou TDAH etc.

Assim, será determinado a melhor forma de se ajustar o tratamento conforme o caso.

É importante salientar, que a gagueira infantil não acontece devido a distúrbios emocionais ou afetivos, mas sim, a um distúrbio neuroquímico.

Além disso, recomendamos também, o acompanhamento de um psicólogo em casos que a gagueira infantil está afetando a confiança, autoestima e segurança da criança.

CONCLUSÃO

A gagueira infantil é um distúrbio neuroquímico que geralmente aparece em crianças com menos de 5 anos.

Se não tratados, essa fluência da fala pode se agravar até a idade adulta.

Por isso, agende uma consulta com um profissional para o seu filho o quanto antes, caso perceba alguns dos sintomas relatados nesse artigo.

Written by Leandro Isola

Criador do Porta Elos, formado em Gestão de TI e pai do João Olavo. É apaixonado livros e boa informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Saiba tudo sobre a limpeza com hidrojateamento

cheesecake de pêssego

Receita de cheesecake de pêssego