3 milhões de embalagens de Tylenol serão recolhidas por defeito

0

Receba atualizações em tempo real grátis

Segundo um alerta do Ministério da Justiça para a necessidade de recolhimento de mais de 3 milhões de embalagens do medicamento Tylenol líquido, cujo princípio ativo é a substância paracetamol. As embalagens apresentam problemas no gotejador. A campanha de recall começa na segunda-feira (27) e abrange as embalagens de 200 mg/ml de Tylenol fabricado entre dezembro de 2011 e novembro de 2012.


Especial : Confira novidades da Natura para essa semana (acesse aqui)

A falha, presente em 3.384.432 unidades do medicamento, está no gotejador: ele pode se desprender parcialmente ou totalmente do frasco, o que oferece o risco de superdosagem. Os lotes afetados têm numeração de PPL055 a RJL123.

O risco é o gotejador se desprender total ou parcialmente do frasco e provocar superdosagem do medicamento. A superdosagem do Tylenol pode provocar danos graves ao fígado, náusea, problemas gastrointestinais e elevação das enzimas hepáticas. Os sintomas são sonolência e enjoos, informou a fabricante do remédio, a Janssen-Cilag Farmacêutica LTDA, que protocolou o pedido de recall.

As embalagens a serem recolhidas são as com numeração de lote não sequencial compreendida entre os intervalos PPL055 a RJL123.

O Código de Defesa do Consumidor determina que o fornecedor substitua o produto defeituoso. Em caso de dificuldade, o Ministério da Justiça recomenda que os consumidor procure os órgãos de proteção e defesa do consumidor.

Recall

A fabricante do produto, Janssen-Cilag Farmacêutica Ltda, informou que a superdosagem traz riscos de danos ao fígado, náusea, outros sintomas gastrointestinais e elevação das enzimas hepáticas.

Os contatos da empresa para informações são o telefone de número 0800 7286 767 e o site na internet. Detalhes sobre devolução do remédio estão no site do Ministério da Justiça.

Receba atualizações em tempo real grátis

Deixe um cometário :)

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.