A

O que é Psicofobia e porque é preciso combatê-la

0

Receba atualizações em tempo real grátis

Se você já presenciou alguém tirando sarro de uma pessoa com algum tipo de transtorno com frases do tipo “doido varrido” ou já foi reprovado (a) em uma entrevista de emprego por ter revelado uma depressão, saiba que isso é Psicofobia. 

Na prática, o termo faz referência ao preconceito contra as pessoas que sofrem com algum tipo de transtorno mental. Essa situação existe por conta de diversos fatores: falta de informação, preconceito, estigma e um imaginário social que acredita e reproduz a figura do “louco” (a) de forma equivocada e com estereótipos negativos.

Praticar psicofobia é algo tão sério que, além de causar o sofrimento das pessoas que sofrem com essa condição, influencia o abandono do tratamento e ajuda a propagar desinformação sobre a saúde mental. Quer saber mais sobre as campanhas de combate à Psicofobia e as consequências que podem surgir por causa dessa prática? Leia esse post!

Informação é o caminho

Entidades como a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) são conhecidas pela realização de campanhas de combate à Psicofobia.  O assunto ainda precisa evoluir no debate social e a informação sobre essa situação ser criminosa é o caminho para conscientizar as pessoas.

No Brasil, o dia 12 de abril é marcado pelo Dia Nacional de Enfrentamento à Psicofobia. A data foi escolhida em homenagem ao dia do aniversário do humorista, Chico Anysio, um dos primeiros artistas brasileiros a falar sobre saúde mental. Ele sofreu por mais de 20 anos com depressão.

Diante disso, a informação é uma das principais vias para combater  a psicofobia. Falar sobre saúde mental não deve ser um tabu, ainda mais quando cerca de 720 milhões de pessoas no mundo inteiro sofrem com algum transtorno, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). E encarar o adoecimento da mente como outras doenças como pressão alta ou diabetes é algo importante. Por isso, ao ver alguém cometendo algum tipo de preconceito ou violação com uma pessoa que enfrenta depressão ou outra doença, é fundamental ter atitudes como:

  • Explicar o quanto esse comportamento é agressivo;
  • Expôr as consequências para o tratamento da pessoa e seus familiares;
  • Combater o preconceito com informações reais.

Veja em nosso site :

Mal Do Século: Por Que A Depressão Considerada Dessa Forma?

Como Melhorar A Memória

Meditação Mindfulness: Entenda A Prática E Os Benefícios

Psicofobia é crime. Denuncie

O que é Psicofobia

Maltratar, humilhar, menosprezar e ofender as pessoas que fazem tratamento para uma doença mental é algo grave e passível de denúncia. Se por um lado, campanhas de conscientização e informação ajudam as pessoas a tomarem consciência do quanto o preconceito causa reflexos negativos,  a persistência de atitudes de psicofobia deve ser denunciada.

Em 2014 um projeto de lei foi apresentado ao Senado para tipificar a psicofobia como crime no Código Penal brasileiro. Independente disso, as pessoas que estão em tratamento ou sofrem com algum transtorno mental, possuem seus direitos assegurados pela  Lei Federal 10.216/2001 e devem ser tratadas com dignidade. Por isso, caso você presencie alguma atitude que seja caracterizada como psicofobia, faça uma denúncia, seja esta contra instituições ou pessoas que agridem psicologicamente alguém em tratamento.

São exemplos de psicofobia:

  • Falar que depressão é frescura;
  • Chamar a pessoa de aproveitadora ou dizer que “se faz de doente”;
  • Negar trabalho à uma pessoa que faz acompanhamento psiquiátrico, por conta de sua condição;
  • Humilhar ou xingar a pessoa a chamando de “louca”.

Diante dessas situações, identificar a psicofobia é o primeiro passo para lutar contra ela. Afinal, em uma sociedade adoecida, é preciso não naturalizar essa prática para almejar algum tipo de mudança e é importante que os responsáveis sejam punidos.

Aproveite para assistir a campanha  da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) sobre esse assunto e compartilhe a importância de combater esse problema!

Receba atualizações em tempo real grátis

Deixe um cometário :)

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.