Bem estar Saúde Sal mata mais de 1,6 milhão de pessoas, veja...

Sal mata mais de 1,6 milhão de pessoas, veja cuidados

-

O excesso de sal mata mais de 1,6 milhão de pessoas por ano em todo o mundo, mostra trabalho do Departamento de Ciências Nutricionais da Universidade Tufts, alertando que, em média, o consumo diário de sal no mundo foi, em média, 3,95 gramas por pessoa, quase o dobro dos 2 gramas recomendados pela OMS.

“Há evidências de que o consumo de altos níveis de cloreto de sódio aumentou a pressão arterial, o que é um grande risco para as doenças cardiovasculares e um acidente vascular cerebral, disse Darius Mozaffarian, presidente do departamento e principal autor do estudo, publicado no New England Journal of Medicine.

O verdadeiro vilão da pressão arterial é um componente que está dentro do sal: o sódio. O consumo exagerado do sal está relacionado ao aumento no risco de Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT), como hipertensão arterial, doenças cardiovasculares e doenças renais, entre outras. As DCNT são responsáveis por 63% dos óbitos no mundo e 72% dos óbitos no Brasil. Um terço destas mortes ocorre em pessoas com idade inferior a 60 anos.

Como o sódio está presente naturalmente na composição dos alimentos, uma das formas de reduzir o consumo é evitar alimentos industrializados e não salgar a comida. “Uma forma saudável de temperar os alimentos seria utilizar ervas frescas ou secas, cebola, cebolinha, salsinha”, sugere a nutricionista Renata Padovani, do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Alimentação da Unicamp. Outras dicas são :

Prefira os alimentos frescos, em vez dos industrializados;

Evite os temperos prontos e os caldos concentrados, eles são ricos em sódio, glutamato monossódico entre outros;

Utilize ervas desidratadas, temperos naturais, pimenta e sucos de frutas para temperar os alimentos;

Evite também o uso de gordura animal como o bacon, toucinho, entre outros;

Tente não acrescentar sal no alimento depois de pronto;

Existem no mercado uma variedade de tipos de Sal, alguns com menos sódio e até mais saborosos, conheça os principais :

Tipos de sal no mercado

tipo de sal

Sal de cozinha – É o mais usado no preparo de alimentos. De acordo com as leis brasileiras, o sal de cozinha deve conter iodo para prevenir o bócio, crescimento anormal da glândula tireoide. Possui 40% de sódio e 60% de cloro. Porém, é importante não errar na mão na hora de temperar os alimentos. Pelo alto teor de sódio em sua composição, pode contribuir para o aumento da pressão arterial caso seja consumido em demasia. O ideal é consumir, no máximo, 2g por dia.

Light – É um produto com teor de sódio reduzido, indicado para hipertensos. Possui 30% de sódio e 70% de cloro. Cuidado: como seu sabor é mais suave, deve-se ficar atento para não salgar muito a comida e anular o benefício de possuir menos sódio. Por conta da alta taxa de cloro, também dá sensação de ardido. É o mais recomendado pelos especialistas.

Rosa do Himalia – Está localizado aos pés do Himalaia, região que há milhões de anos foi banhada pelo mar. Considerado o mais antigo e puro dos sais marinhos, fica depositado a centenas de metros de profundidade. Tem quase metade de sódio encontrado no sal comum e é muito rico em minerais (são mais de 80), tais como cálcio, magnésio, potássio, cobre e ferro. Por causa desses compostos, os cristais ganham um tom rosado.

Sal Negro – Este tipo de sal também é conhecido como Kala Namak e é obtido em reservas naturais da região central da Índia. Além da cor ser totalmente diferente do sal tradicional, o sabor também não é nada comum e, para muitos, lembra o de gema de ovo. Sua textura é crocante e muito solúvel e, por isso, é ideal para ser adicionado aos molhos, saladas e massas.

Roda do Peru – Tem como origem um oceano muito antigo que secou e ficou preso nos subterrâneos das montanhas no Vale Sagrado dos Incas. É colhido manualmente, tem um índice de umidade elevado, sua coloração é rosa clara e o sabor, forte. Quando comparado aos outros tipos de sal, é o que apresenta um dos menores teores de sódio.

Marinho – Bastante usado na alimentação funcional, pode ser moído na hora e misturado com ervas frescas. Como não passa pelo sistema de branqueamento, como o sal de cozinha, ele permanece com aproximadamente 84 elementos, dentre eles iodo, enxofre, bromo, magnésio e cálcio, componentes importantes para o metabolismo e, também, para ativar a glândula da tireoide. Depois do sal light, é o tipo mais indicado pelos especialistas, pois é rico em minerais.

Grosso – Produto não refinado, apresentado na forma que sai da salina. Em culinária, é usado em churrascos, assados de forno e peixes curtidos. Possui 40% de sódio e 60% de cloro. Por ser em forma granulada, geralmente é consumido com mais cautela do que o sal refinado, já que pouca quantidade tempera consideravelmente. Deve ser consumido com parcimônia, pois o consumo exagerado pode levar à hipertensão.

Leandro Isola
Criador do Porta Elos, formado em Gestão de TI e pai do João Olavo. É apaixonado livros e boa informação.

Leave a Review

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Novidades

Vitamina D: A nova queridinha da saúde no reforço a imunidade

Segundo Organização Mundial da Saúde (WHO), a deficiência de Vitamina D no organismo das pessoas já é uma pandemia. O...

Preconceituoso Rodrigo Branco chama Bella Falconi de autista “meio retardada” em vídeo

Mais um ato de preconceito e falta de informação, agora Rodrigo Branco, conhecido por alguns como guia turístico de...

Inclusão de autistas no ensino regular traz benefícios para todos

Hoje é o Dia Mundial de Conscientização do Autismo, no Brasil, o autismo vem ganhando cada vez mais espaço...

Lançamentos da Netflix para primeira quinzena de abril

Abril chegou em meio a quarentena e com isso o consumo de series e filmes aumentou, e a Netflix...

Família com crianças autistas perde casa em incêndio

Um incêndio destruiu no dia 30/03 completamente a casa de Sandra, mãe de 3 filhos, sendo dois autistas, que...

Treino de apenas 12 minutos de exercício diário para fazer em casa

A pandemia de coronavírus que atingiu o Brasil, esta fazendo com que a população mude alguns dos seus hábitos...

Veja também

Receita Bolinho de Arroz, Batata e Queijo

O bolinho de arroz é um prato tipico de...

Butterbeer a cerveja amanteigada (sem álcool) do Harry Potter

Qual fã de Harry Potter nunca quis ter em...
- Publicidade -

MaisNovidades
Veja o que mais é notícia