A

Cachorros que viviam em Quartel são abandonados em estrada rural e gera revolta

0

Receba atualizações em tempo real grátis

O Quartel do Exército de Pouso Alegre, resolveu abandonar vários cachorros em uma estrada na área rural da cidade, o que ocasionou muita revolta entre os moradores, alguns animais acabaram morrendo.

Os cachorros eram rua, mas viviam e frequentavam o Quartel, e eram alimentados por pessoas do local, tanto os soldados como pessoas que trabalham  no local.

Segundo um militar que quis manter o anonimato, essa é a segunda que um comando dá ordens para tirar os animais e jogarem em um estrada. A primeira vez foi entre 2016 e 2017.

Quando a ordem surgiu houve uma mobilização para adoção dos cachorros, e três deles foram levados para outros lares, mas alguns não tiveram essa sorte.

cachorros abandonados
Esses dois cachorros viviam no Quartel e foram encontrados mortos nas ruas

Ainda segundo o militar os cães foram levados para estrada de noite e no Quartel ficou somente o Sorriso um cachorro que anda por lá faz 5 anos.

Ele ainda informou que os animais eram bem tratados pela grande maioria dos militares, até inclusive, pelo comandante.

cachorro quartel
Esse cachorro ainda esta desaparecido

Segundo o comandante Mauro Fernando Rego de Mello Júnior,  os animais  eram bem tratados e até era alimentando pela dona da cantina do Quartel, mas a situação ficou insustentável quando as reclamações sobre os animais aumentaram, muitas pessoas que passavam pela calçada do local informaram que os cães tentavam ataca-las.

Ainda segundo o Comandante Mauro,  foi feito contato com a prefeitura, e foi informado que não tinha um lugar para levar os cães.

Por isso a ordem foi dada para que os animais fossem soltos em uma área rural. Mas em entrevista do jornal local Pousoalegre.net , o comandante afirmou que em nenhum momento os animais foram maltratados pelo quartel.

Mas será que ele não percebeu que abandonar os animais no meio de uma estrada rural é maltratar ?

Receba atualizações em tempo real grátis

Deixe um cometário :)

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.