Coisa Mais Linda: Conheça a série brasileira que está empoderando as mulheres

0

Receba atualizações em tempo real grátis

Ser mulher não é fácil e acredite, se você nunca conversou a fundo sobre isso com sua mãe e avó, você pode não entender de cara do que estamos falando. A verdade é que ser mulher nos dias de hoje, é uma tarefa bem menos complicada quando comparado à 30 ou 40 anos atrás.

Para retratar isso, as produções brasileiras resolveram pegar no fundo dessa história e retratar como ser uma mulher era um mundo cheio de dificuldades. Dentre os temas abordados em seu conteúdo, Coisa Mais Linda, que já está disponível na Netflix fala sobre variados temas que envolvem as ações da sociedade, principalmente em relação às mulheres.

Do que se trata a série Coisa Mais Linda ?

Racismo, feminismo, machismo, violência doméstica, lgbt, empoderamento, aborto, privilégio branco, etilismo, diferença salarial, machismo no trabalho e pais narcisistas são os principais temas abordados nessa produção brasileira.

A história conta como Maria Luísa (Maria Casadevall) conseguiu abrir seu restaurante na cidade do rio de janeiro nos anos 50. Após ser traída e abandonada por seu marido, ela decide então usar o seu poder interior com ajuda de suas amigas para abrir um clube de música. Essa vontade surge ao conhecer o cenário musical do Rio em 1959.

Na época, a música era um sonho impossível para as pessoas mais humildes e principalmente para as mulheres, assim como o trabalho para pessoas negras, que é um tema abordado por Adélia, a atriz Patrícia Dejesus. Adélia é mãe solteira e vive a vida para dar uma condição melhor para sua filha, Conceição.

Veja em nosso site:

Como Saber Se Tem Alguém Usando Sua Conta Da Netflix

5 Dicas Para Escolher A TV Ideal Para Sua Casa

Além disso, Adélia engole sapos diariamente em seu trabalho quase escravo, onde sua patroa a julga pela cor, justificando que pessoas como ela devem ser tratadas dessa maneira.

A dependência feminina também é um assunto muito forte nas diversas cenas. Ligia (Fernanda Vasconcelos), uma mulher elegante e muito bonita, não trabalha e vive para satisfazer os prazeres sexuais e possessivos de seu marido. Esposa de um político prestes a ser candidatado à prefeito, ela se vê várias vezes sendo obrigada a realizar ações contra sua vontade para que ele seja feliz.

Sua cunhada, Thereza (Mel Lisboa), é uma mulher forte e que lida diariamente com um grupo de homens em seu trabalho em uma editora. Por mais que só trabalhe com homens e suas opiniões são sempre geradoras de gargalhadas entre eles, ela é responsável por comandar a tropa de escritores homens de uma editora.

Bissexual, casada, linda e independente. Thereza é um símbolo de força para Maria Luísa, Adélia e Lígia, mesmo que passe por alguns dias ruins no trabalho. Mesmo sendo d

E você, mulheres como todas elas vai se identificar com algumas situações. Mesmo que possa parecer comuns, são situações que precisam ser analisadas. Muitas vezes, as mulheres vivem cercadas de abusos, seja por suas etnias, classes, opção sexual, no trabalho e em casa. Isso pode implicar uma série de traumas e problemas sociais em suas vidas.

A minha visão como mulher sobre a série

Para começar, as emoções são o forte das produções brasileiras. Não é atoa que temos os melhores prêmios sobre as melhores novelas. As atrizes são excepcionais atuando e todas as situações são muito bem representadas por elas.

Assim como todas elas, a vontade de ser uma mulher livre toma conta de mim, e acredito que de você (se for uma mulher) também. Essa busca pela independência dos homens, hoje em dia, é uma grande conquista. Nós conseguimos realizar isso, pois sabemos que somos fortes.

Filhos, beleza, casa, trabalho, almoço, jantar, faculdade, comportamento… são coisas importantes sim, mas assim como é para nós, por que não pode ser para os homens? E por que na década de 50, não poderia ser para eles também?

Esse assunto nós podemos conversar em outro momento, o que quero dizer para finalizar este contato para os homens, é que vocês possuem grande força física e sentimentos que precisam ser respeitados. Mas respeito é diferente de abuso, nunca esqueça;

Para as mulheres, quero que vocês sejam fortes e insistentes em suas liberdades. Assim como qualquer ser, vocês merecem conquistar o mundo.

Assistam a série Coisa Mais Linda na Netflix e boas reflexões!

Receba atualizações em tempo real grátis

Deixe um cometário :)

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.