Como os aplicativos mudaram os namoros

Receba atualizações em tempo real grátis

Os aplicativos de celular ganharam um papel importante em nossas vidas, uma vez que revolucionaram muitas das coisas que, no passado, precisam de um esforço muito maior para serem executadas.

Hoje, para pedirmos comida é só acionar o iFood. Caso queira escutar uma música, tem o Spotify. As redes sociais estão aí também para mantermos conectados com qualquer pessoa, de qualquer parte do mundo.

É nesse contexto que o ditado “Em terra de WhatsApp, receber uma ligação é prova de amor” se popularizou.

E com os relacionamentos essa não foi uma situação diferente. Não é preciso mais ter que ficar buscando o par ideal nas noitadas, em barzinhos ou em outras situações do cotidiano.

O que antes era questão de sorte, agora com aplicativos como Tinder e Happn, se tornou muito mais fácil encontrar pessoas que estão em busca de relacionamento sério ou simplesmente em conhecer alguém para passar o tempo.

Namoros da internet que acabaram em casamento

Não é de hoje que os solteiros recorrem à internet para conhecer alguém especial. Dos tempos antigos de bate papo uol até os mais recentes aplicativos de namoro, a web é a grande aliada na vida de muitas pessoas, sobretudo das mais tímidas.

No atual cenário, é só escolher as fotos que você quer adicionar ao seu perfil, incluir uma breve descrição, buscar por pessoas que tenham interesses semelhantes aos seus e pronto. Deu match!

Flávia Crizanto, idealizadora do Brand & Blogs, foi surpreendida pelo sorriso de Kadu em um desses aplicativos de namoro. Era um dia comum da semana, em 2015, quando Flávia resolveu baixar o Tinder para ver “qual era”. Muitas pessoas estavam comentando sobre tais aplicativos na época e até então ela não havia tido a experiência de usar.

No entanto, mal sabia que seria com um de seus primeiros matchs que ela iria trocar alianças. A jornalista afirma que sem o uso do app, a probabilidade dela conhecer Kadu de outra forma seria mínima.

A revolução dos atuais relacionamentos com apps de namoro

Não somente com casais héteros, também existem aplicativos exclusivamente para o público LGBT, como é o caso do Grindr e Hornet, os mais usados pelos gays.

A principal razão pelo uso do app, segundo a maior parte dos usuários, é a proteção de conversar com possíveis parceiros.

Mesmo a sociedade estando cada vez mais desconstruída, infelizmente ainda existe muito preconceito com esse público, logo a internet acaba sendo um ambiente mais seguro do que as ruas.

Os encontros através dos aplicativos podem aumentar o número de casamentos entre pessoas de diferentes etnias, que são incrivelmente raros. Apenas 6,3% e 9% dos casamentos nos Estados Unidos e Reino Unido são inter-raciais, respectivamente. Outro efeito interessante observado é o que eles chamam de força do casamento.

O modelo matemático prevê que os casamentos que ocorrem em uma sociedade com encontros online tendem a ser mais fortes, ou seja, duram mais tempo.

Receba atualizações em tempo real grátis

Comentários estão fechados.