Dica de livro : The Kiss Of Deception – The Kiss Of Deception – Vol. 1

Receba atualizações em tempo real grátis

The kiss of deception é o primeiro livro da trilogia “Crônicas de amor e ódio”. Essa leitura é para aqueles leitores que gostam de viajar sentado na sua cadeira confortável ou no banco da praça, antes de dormir ou a caminho do trabalho.

É para aqueles que gostam de reinos e reinados, reis e rainhas, príncipes e princesas e é claro, tradições. É para aqueles que gostam de um pouco de aventura misturado com romance e estão preparados para embarcar em uma viagem no tempo.

Morrighan é o nosso reino. Lia é a nossa princesa e é a primeira filha da Casa Real. Assim como manda a tradição, Lia se vê obrigada a se casar com um príncipe que ela nem mesmo conhece.

Ela não é muito fã das tradições e não gosta nenhum pouco da ideia de se ver casada um homem que ela sequer teve a oportunidade de conhecer. Então ela resolve fugir.

Junto com a sua criada e amiga, Pauline, Lia embarca em uma aventura sem nem imaginar os problemas que ela estaria criando para sua família.

É claro que ela sabe que seu pai provavelmente jamais a perdoaria por fugir do casamento, mas o que ela não imagina é que a vida de sua família e do seu reino dependia inteiramente deste casamento e agora tudo está por um fio.

O príncipe abandonado resolve ir atrás de Lia na esperança que ela retorne com ele para o altar (ou pelo menos na esperança de recuperar a sua moral que agora ficou bem abalada).

E ele não está sozinho nessa caçada. Um assassino foi enviado para capturar Lia, com ou sem vida e ele está determinado a cumprir essa missão.

Durante a leitura somos apresentados a dois personagens que supostamente seriam o príncipe e o assassino. No entanto, a leitura fica ainda mais interessante quando a autora decide não revelar a nós quem é quem. São eles Kaden e Rafe.

Kaden é descrito como sendo um homem loiro de olhos castanhos e muito educado, enquanto Rafe é descrito de uma forma mais sombria, tendo cicatrizes em suas mãos e corpo e sendo um homem habituado a ver pessoas mortas.

De início você pode até acreditar que sabe quem é quem, mas acredite, a cada nova ação destes rapazes, mais confuso fica entender quem veio para casar com Lia e quem está destinado a matá-la.

Se está cansado de romances clichês onde uma garota é disputada por dois rapazes, fique tranquilo. Mary não tem pretensão nenhuma de te cansar com discursos de amor ou briga desnecessárias. Há a vida de um reino em jogo e o romance existe, mas não é enjoativo ou irritante (o que foi uma grata surpresa pra mim).

A escrita é realizada de uma forma que faz com que você leia uma página após a outra sem ter vontade de parar e é em formato de narrativa pela primeira pessoa. Temos capítulos dedicados a versão da Lia, a versão do Rafe e do Kaden e cada um nos conta o que viveram durante essa aventura.

Por não deixar claro de início quem é o suposto vilão da história, você cria empatia por todos os personagens e a leitura fica ainda melhor.

Como se não bastasse ser uma história apaixonante, temos o carinho e cuidado com que foi criado a capa e o interior do livro. Em edição capa dura, temos uma excelente escolha de imagem para representar os nossos heróis.

No interior, é possível ver um mapa de Morrighan e seus arredores, assim como os demais reinos mencionados na história. Eu não sei você, mas eu particularmente amo quando o livro é acompanhado de um mapa do local onde está acontecendo tudo o que estou lendo, assim consigo me situar.

E pra ficar ainda mais especial, na edição que comprei veio também um poster com uma réplica da imagem da capa e atrás um mapa em tamanho maior do reino de Morrighan e seus arredores.

The Kiss Of Deception é um livro lindo, leitura apaixonante. É só aproveitar.

 

80%
Awesome
  • Design

Receba atualizações em tempo real grátis

Comentários estão fechados.