fbpx

A

Ela doou um chocolate para uma grávida em campo de concentração, 70 anos depois ela se supreende

0

Receba atualizações em tempo real grátis

Uma mulher de 83 anos de idade, contou sua emocionante historia de vida, e leva milhares de pessoas às lágrimas. Francine Christophe de origem francesa foi colocada em um campo de concentração, na Alemanha, com oito anos de idade. A francesa conta que, por serem filhos de estrangeiros, poderiam levar um ou dois itens de casa. Alguns levavam açúcar, outros arroz…

A mãe de Francine levou dois pedaços de chocolate. A justificativa? Quando estivessem em colapso absoluto, o doce seria um conforto.

Enquanto Francine e sua mãe estavam no acampamento, havia uma mulher que estava grávida, ela estava tão magra que quando chegou a hora de dar à luz a mãe de Francine perguntou a filha,

“Lembra que você tem um pedaço de chocolate?”

A mãe, em seguida, passou a explicar que dar à luz no acampamento é difícil, e que a mulher, Helene poderia morrer, “Eu gostaria de dar o chocolate a essa mulher, nossa amiga Helene. Dar à luz aqui é difícil. Ela talvez não resista. Se eu der o chocolate, talvez a ajude” disse a mãe, então Francine deu à mulher seu chocolate, o último pedaço que tinha. Seis meses mais tarde, Francine, sua mãe, Helene e seu bebê foram todos libertados.

mulher gravida

Já era uma historia emocionante de luta e amor ao próximo, mas algo surpreendente aconteceu :

Recentemente a filha de Francine disse: ‘Se vocês tivessem tido apoio de psicólogos ou psiquiatras quando voltaram, talvez seria mais fácil para você’.

Eu respondi: ‘Sem dúvidas, mas não tivemos. Ninguém pensa em doenças mentais. Mas você me deu uma boa ideia, vamos organizar uma leitura sobre isso’.

campo de concentração

Eu organizei a leitura com o tema “Se os sobreviventes tivessem tido aconselhamento em 1945, o que aconteceria?”. Atraiu uma multidão. Sobreviventes, historiadores, psicanalistas, psiquiatras, psicoterapeutas. Muito interessante. Então, uma mulher subiu no púlpito e disse: “Eu moro em Marseille, onde sou psicanalista. Antes de começar a minha fala, eu tenho algo para Francine Christophe’. Ela alcançou o bolso e tirou um pedaço de chocolate. Entregou-me e disse: ‘Eu sou o bebê’.”

Veja o video na integra :

Gostou do video ? Compartilhe com os amigos

Receba atualizações em tempo real grátis

Deixe um cometário :)

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.