fbpx

A

Gastrite : Saiba como cuidar e dicas para aliviar as dores

0

Receba atualizações em tempo real grátis

A gastrite atinge 70% da população, a gastrite é a inflamação na mucosa do estômago que pode ser de dois tipos a aguda, que dura pouco tempo e a crônica que pode durar anos. No entanto, às vezes, ela é sintoma do refluxo do ácido estomacal provocado por defeito no músculo que regula a passagem do esôfago para o estômago.

A cada ano a doença atinge pessoas mais jovens. Os sintomas são queimação, dor abdominal, perda do apetite, náuseas, vômitos, sensação de saciedade, sangramento digestivo. Ao receber o diagnóstico o paciente precisa adotar algumas restrições alimentares.

Mas como aliviar a gastrite ?

As pessoas que sofrem de gastrite devem evitar alguns alimentos como :

Bebidas

Chocolate quente, leite (principalmente) , refrigerante, café (até mesmo o descafeinado), bebidas alcoólicas, sucos de laranja e toranja.

Condimentos

Pimenta preta, pimenta, alho em pó, pimenta em pó.

Outros

Laticínios feitos com leite ou creme, queijo, carne picante, carne rica em gordura, salsichas, presunto, chiles, pimentas, alho, cebola e alimentos derivados do tomate.

Veja em nosso site : Estômago Sensível – Alimentos E Cuidados Para Acalmar O Seu Estômago

Alimentos que ajudam a aliviar a gastrite

Hortelã e alecrim

Os chás dessas ervas são poderosos aliados da boa digestão. A nutricionista Carla Fiorillo conta que eles também são calmantes digestivos, já que diminuem a acidez do estômago. Com isso, eles atenuam azias, gases e cólicas. Para um efeito mais satisfatório, o ideal é que eles sejam tomados 30 minutos antes das refeições.

Legumes ou verduras refogadas

Consuma legumes e verduras – tanto no almoço quanto no jantar – mas lembre-se de refogá-los, já que folhas muito duras podem incomodar as paredes de seu estômago. Por isso, a nutricionista Andréia Ceschin de Avelar aconselha que o consumo in natura de verduras como repolho, couve crua, escarola, alface e agrião seja evitado, pelo menos no começo.

Frutas não ácidas

Laranja lima, banana, maçã, pêra, goiaba e mamão estão na lista de frutas liberadas, já que não agridem o estômago. Os seus sucos também podem ser ingeridos sem medo.

Além disso, carnes magras, como frango, peixe, feijão, ovos e nozes são boas opções. Temos também que reduzir as quantidades de sal e açúcar, e aumentar a quantidade de gorduras saudáveis, como azeite e óleo de canola.

Mito do leite

O leite não ajuda a nas dores causadas pela gastrite, ao contrário do que é espalhado popularmente. Na realidade, o leite, em vez de ajudar, acaba piorando a crise.

“Esse é um assunto antigo, os avós diziam que tomar leite ajuda a melhorar, mas não é verdade”, diz Paulino Alonso, gastroenterologista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos.

“O que acontece é que, quando o paciente toma leite, há, imediatamente, uma neutralização do ácido do estômago, dando uma sensação de melhora, mas depois vem o efeito rebote. O alimento estimula a produção de mais ácido, agravando a dor”, completa o médico. “O leite também não é proibido para os pacientes, mas não pode tomar o dia todo, ou uma crise pode ser desencadeada.”

Receba atualizações em tempo real grátis

Deixe um cometário :)

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.