A

Menino peruano que estuda na rua por falta de luz ganhará casa de milionário

Receba atualizações em tempo real grátis

Víctor Martín Angulo Córdova, de 12 anos, viralizou na internet após uma câmera filmá-lo aproveitando a iluminação pública para poder estudar na calçada.

De acordo Victor, que mora em uma área periférica da cidade de Moche, na província de Trujillo, sua casa faz parte de 5% da população da cidade que não possui energia elétrica, e como não consegue terminar seus estudos antes de escurecer, a única opção era fazer com o uso das velas.

Victor ainda conta que usar velas para estudar deixava suas costas dolorida, e por isso, prefere estudar na calçada da rua.

empresario

Seu vídeo chegou até o outro lado do mundo, onde o milionário árabe Yaqoob Yusuf Ahmed Mubarak, de Bahrein se comoveu com a situação do menino e mandou que seu advogado encontrasse o menino.

Veja em nosso site 

Mãe Induz O Parto Em 15 Dias Para O Pai Conhecer A Filha Antes De Morrer

Pai Salva Filho Do Alcoolismo Com Ajuda Da Mãe E A Madrasta

Saiba Como Identificar A Fome Emocional

De acordo a mídia local, o advogado teve muito trabalho para encontrar Victor, mas após isso, Yaqoob Yusuf Ahmed Mubarak viajou para Moche, onde conheceu melhor a história do garoto e sua família.

Yaqoob conta que sua história é muito semelhante a de Victor, pois também teve uma infância difícil, mas nunca abandonou os estudos. Victor por sua vez, conta que nunca largou os estudos pois um dia sonha em se tornar um policial.

O milionário então decidiu que ajudaria Victor a ter uma vida menos difícil, para isso, doou uma casa de dois andares e um pequeno financiamento para que sua mãe pudesse abrir um negócio próprio.

Yaqoob ainda irá doar 35 computadores para a escola de Victor e um sistema de vigilância por câmera para aumentar a segurança escolar.

Receba atualizações em tempo real grátis

Deixe um cometário :)

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.