Aluna processa faculdade por não conseguir emprego após se formar

2

Receba atualizações em tempo real grátis

Publicidade

Uma aluna está processando a Escola de Direito Thomas Jefferson, em San Diego (Estados Unidos), porque não consegue emprego em sua área, após 8 anos de formada.

Ela pede na justiça US$ 150 mil referente as mensalidades que pagou e dos salários que deixou de ganhar, segundo o processo a faculdade inventou uma porcentagem de alunos que encontravam empregos depois de formados, mas esse numero foi inventado e segunda a aluna Anna Alaburda “nunca teria feito o curso se soubesse que esse número estava errado”.

Publicidade

No processo Anna diz que falta de procura de emprego não foi, pois, ela afirma que mandou seu currículo para 150 firmas de advocacia e apenas uma ofereceu emprego, com salário bem abaixo do mercado.

já, os advogados da escola argumentam que Anna não “trabalhou duro” para encontrar emprego. Imagine se fosse no Brasil. Com informações do site Foxnews.

Receba atualizações em tempo real grátis

2 Comentários
  1. Rafael soares Diz

    Bem sem noção ela, aqui no Brasil casos assim são normais,ela poderia aceitar o emprego que lhe ofereceram ,ganhar experiencia e consequentemente mais oportunidades no futuro…

  2. Douglas Diz

    “flata” de emprego…realmente.

Deixe um cometário :)

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.