in

Banana corre o risco de não existir mais no mundo, entenda o motivo

banana vai sumir

Um vírus chamado de “Doença do Panamá”, vem destruindo plantações de banana ao redor do mundo. Cientistas sugerem que em menos de uma década as bananas Cavendish terão desaparecido.

A banana Cavendish ( banana  nanica )é o tipo de banana mais consumido no mundo, isso porque o movimento agrícola se focou em uma única espécie.

Com a agricultura de forma mono-cultural, as plantações têm apenas uma única espécie, para que exista maiores rendimentos e lucros.

Para se ter uma ideia, o Reino Unido sozinho consome cerca de 5 bilhões de bananas por ano, que responde por quase 50% das bananas no mundo e 99% de todas as exportações.

A doença do Panamá já devastou plantações no sudeste da Ásia, China, Austrália, África e Oriente Médio. Um mês atrás, foi encontrado na Índia.

Um grande medo é que a doença do Panamá se espalhe para o oeste. Atingindo então a América Latina, que domina o negócio da banana e abriga o maior produtor mundial de bananas – o Equador.

Se a doença atingir as plantações da América Latina, a devastação seria desastrosa para produtores e consumidores, pois, até o momento, não há substituto para o Cavendish.

Veja em nosso site :

Que Banana Você Escolheria ? Descubra Como Afeta Sua Saúde

Conheça Os Benefícios Da Banana

 

Porque chegamos nesse ponto ?

banana doença do Panamá

Não é de hoje que se tem o conhecimento da doença do Panamá, também não é de hoje que se sabe da possibilidade de extinção da banana Cavendish.

A doença do Panamá permanece com seus poros no ar durante anos, então replantar no mesmo local não é uma opção.

Ainda assim, a situação corre sem controle, primeiro porque é muito difícil controlar uma doença que se espalha pelo ar e deixa poros.

Além disso, a indústria colocou toda a sua fé em uma cultivar uma única espécie e não fez planos para sua possível queda.

Talvez tenha sido complacência. Mesmo assim, até agora, a indústria da banana tem sido uma incrível história de sucesso nos negócios, trazendo lucros para comerciantes e varejistas.

Parte desse sucesso se deve às qualidades extraordinariamente resilientes da cultivar Cavendish.

Written by Marianna Halle

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sisu 2019

Sisu 2019 – estudantes já podem consultar vagas, veja como fazer

dia do datilografo

24 de maio é Dia do Datilógrafo, uma profissão que já foi essencial