in

Barbosa é estrela do jogo sobre o mensalão

O jogo é inspirado no clássico “Space Invaders”, um jogo de videogame lançado na década de 70. Só que ao invés de combater alienígenas hostis no espaço sideral, o jogador deve assumir o lugar do ministro Joaquim Barbosa para eliminar os réus Marcos Valério, Delúbio Soares, José Genoíno e José Dirceu, que atiram de volta na direção do magistrado. O ex-presidente Lula sobrevoa a tela do computador, alheio à troca de disparos que acontece logo abaixo dele.

— Pegamos uma mecânica famosa que é acessível a todo mundo. Não queremos fazer um jogo revolucionário e sim passar uma mensagem. Queremos mostrar que a juventude pensa sim no mensalão — diz o publicitário Rubens Blajberg, diretor de criação da PlayerUm, empresa que desenvolveu o game e que é formada por jovens com menos de 30 anos.

O jogo conta ainda com a presença do revisor Ricardo Lewandowski, cujas sentenças, mais brandas com os acusados, têm contrastado com as do relator e gerado críticas na rede. Quando Lewandowski aparece em cena, Barbosa ficar mais devagar e, logo, mais vulnerável à artilharia dos mensaleiros, que é representada por cifrões vermelhos.

Mas a “participação especial” fica mesmo por conta de Lula, que em alguns momentos surge no game acima de todos, cercado de interrogações. Aparentemente inalcançável, é possível pegar o ex-presidente, embora o criador do game admita que essa não seja uma tarefa das mais simples.

O Lula vale mil pontos, alério e Delúbio rendem dez pontos, enquanto os mais poderosos, Dirceu e Genoino, valem cinquenta.

Gostou ? Acesso o site para jogar :

Written by Leandro Isola

Criador do Porta Elos, formado em Gestão de TI e pai do João Olavo. É apaixonado livros e boa informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O tamanho de tudo

dia dos professores

Veja como surgiu o Dia do Professor