in

Brasil esquenta a Europa

Para divulgar o Brasil na Europa, a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) criou peças diferenciadas – e literalmente quentes. Painéis aquecidos e decorados com imagens de nossas praias levam o clima tropical do Brasil para esquentar o frio de janeiro e fevereiro dos pontos de ônibus europeus. A primeira cidade que recebeu a peça inovadora foi Milão, na Itália.

Os paineis estão sendo veiculados em 150 abrigos de ônibus posicionados estrategicamente nos pontos de maior fluxo de pessoas. A ideia é reforçar o conceito da campanha “O Brasil te Chama. Celebre a vida aqui”, lançada na Copa do Mundo 2010 para atrair mais estrangeiros ao Brasil.

Os investimentos da campanha “O Brasil te Chama. Celebre a vida aqui!” chegaram a 2,3 milhões de Euros na Europa. A campanha começou a ser divulgada logo após o fim da Copa do Mundo de 2010 da África do Sul. O continente tem países de altíssima prioridade para a promoção brasileira. Países como Itália, Alemanha, França, Portugal, Espanha e Inglaterra estão entre os dez primeiros do ranking daqueles que mais enviam turistas ao Brasil. A chegada de turistas europeus no Brasil em 2009 chegou a 1,6 milhões.




Para aproveitar o movimento de profissionais de turismo de todo o mundo durante a Fitur, uma das maiores feiras de turismo do mundo, realizada na Espanha entre os dias 19 e 23 de janeiro, a Embratur também apostou na publicidade para o público final. Um prédio foi envelopado com a imagem do Cristo Redentor no Paseo de La Castellana, uma das ruas mais importantes da cidade de Madri. Além disso, imagens do País também foram adesivadas em ônibus que percorrem diferentes bairros da cidade.




Fonte : Adnews

Written by Leandro Isola

Criador do Porta Elos, formado em Gestão de TI e pai do João Olavo. É apaixonado livros e boa informação.

Comente !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Quer trabalhar no Google? A hora é agora

5 dicas de segurança