in

Candidato a vereador é expulso do partido após ser filmado estuprando cadela

estupro_cadela_vereador

O ser humano não tem limites, um candidato a vereador por Caldas Novas, em Goiás, foi expulso do partido após ser filmado estuprando uma cadela dentro de casa.

O crime foi denunciado pelo dono da cadela, que também é dono da casa em que o candidato morava, segundo a policia, a filha do proprietário do imóvel flagrou o crime e chamou o pai. Ele foi até a quitinete e filmou o estupro.

o candidato Sandoval Damásio dos Santos (PT), conhecido como Sandoval Leão (PT), foi filmado praticando a violência contra o animal em um colchão, dentro de um barracão.

O dono da cadelinha Branquinha” foi até uma delegacia de Caldas Novas (GO) para fazer o boletim da ocorrência. “Branquinha” foi levada para uma clínica veterinária. Sandoval Leão (PT) fugiu e está sendo procurado.

“O homem disse que depois que fez o vídeo chegou a gritar com o candidato, agredi-lo, mas a denúncia na polícia foi feita apenas na terça-feira, quando não tinha mais o flagrante. Ouvimos relatos de que ele também foi agredido na quarta-feira devido à repercussão do vídeo e saiu da cidade. Agora, a polícia está a procura dele”, disse o delegado Gustavo Ferreira, responsável pelo caso.

O presidente do diretório municipal do PT, Ciro Tomé Pereira, informou que Sandoval Leão foi expulso do partido e foi pedido o cancelamento da candidatura dele diante dos fatos.

Written by Leandro Isola

Criador do Porta Elos, formado em Gestão de TI e pai do João Olavo. É apaixonado livros e boa informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receita de Bolo Nega Maluca

Receita de Bolo Nega Maluca com Recheio de Chocolate

Fique atento a estes 5 sinais de que seu cão pode estar doente