in

CEO do Skype será presidente de voz da Microsoft

Com a compra do Skype, a Microsoft, com o Xbox irá criar uma plataforma de videoconferência em casa. Ballmer disse, após divulgar a compra do Skype por US$ 8,5 bilhões em dinheiro, que a Microsoft quer “fundir comunicação e tecnologia”, este foi um dos motivos da aquisição. “Falar com amigos do outro lado do mundo será tão natural quanto conversar com um colega que está do outro lado da mesa. Skype e Microsoft trarão um futuro, no qual conversas por meio de texto, SMS, chamadas de voz e videoconferência estarão integradas na mesma tela. Estou muito feliz com este negócio”, disse.

Tony Bates, CEO da Skype e futuro presidente da divisão Microsoft Skype, ressaltou a necessidade de parcerias nesta área de negócios. “Publicidade em vídeo é uma grande possibilidade para nossos negócios. Queremos, também, ir além do PC, levando nosso produto para os smartphones e focar em chat com vídeo em todos os aparelhos”.

A Microsoft e o Skype afirmam que o acordo não irá implicar em mudanças para a atual base de usuários. “Manteremos nossos esforços de levar um produto com qualidade para todos os usuários, mas estaremos trabalhando para levar o Skype para mais pessoas e em mais plataformas”, disse Ballmer.

Ballmer disse ainda, que os produtos combinados das duas empresas, irão trabalhar para incentivar mais pessoas a usarem a videoconferência, descrevendo um cenário onde um Kinect e uma televisão com o Skype possa criar uma sala videoconferência dentro de casa.

Outra intenção da Microsoft é levar o Skype, principalmente para o Windows Phone 7, sistema operacional para smartphones da companhia. Ballmer, no entanto, prevê que o videogame Xbox 360 utilizando o Kinect, a suíte de aplicativos do Office e o Outlook terão integração com o Skype no futuro. O presidente da Microsoft garantiu que o aplicativo do Skype lançado em aparelhos concorrentes como o iPhone e smartphones com sistema operacional Android, por exemplo, será mantido.
Ganho para Microsoft.

A Microsoft sai muito fortalecida desta compra, como sempre a gigante demora muito tempo para se movimentar e agir, um exemplo foi o tempo perdido para lançar um bom navegador e de melhorar seu buscador, mas com a compra o Skype a Microsoft tem acesso a lugares que ela nunca teve como o Facebook que fechou grandes parcerias com o Skype.

Dinheiro não falta à empresa de Redmond, pois seu lucro operacional é muito alto, seus produtos ainda são os mais utilizados, e muitos gostando ou não a gigante esta no mercado há quase 40 anos, e para se manter em um mercado como o de tecnologia por muito tempo a empresa tem que ser competente.

Written by Leandro Isola

Criador do Porta Elos, formado em Gestão de TI e pai do João Olavo. É apaixonado livros e boa informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

PC X Mac: faça as contas e tire as suas conclusões

Google aluga notebooks para popularizar seu sistema operacional