in

Como ter financiamento pelo programa Minha Casa Minha Vida

Publicidade

A casa própria é sonho de muitos, e entre os benefícios do Governo Federal, o Minha Casa Minha Vida tem feito sucesso entre os brasileiros, pois ajuda muitos brasileiros na compra da tão sonhada casa própria. O Minha Casa Minha Vida tem como objetivo principal o auxílio à família brasileira de baixa renda (renda mensal de até R$ 5 mil), para que esta possa adquirir sua própria moradia e sair do aluguel. Com as vantagens de dependendo do benefício que você conseguir, o governo paga parte da entrada do financiamento, cobra taxas de juros menores do que os bancos concorrentes ou deixa mais barato os valores dos seguros que cobra, veja os passos necessários para entrar no programa :

Minha Casa Minha Vida

Quem tem renda mensal de até R$ 1.600

O governo pode pagar até 96% do valor do imóvel (casos raros), com o prazo de até 10 anos para pagar o financiamento e as parcelas devem ser menores do que 10% da sua renda mensal.

Para entrar no programa, você deve ir à prefeitura da sua cidade e faça a inscrição no programa. A sua aprovação depende de vagas na sua cidade e também do seu perfil. Infelizmente muitas cidades não estão no programa e outras já não tem mais vagas, mas não custa nada tentar.

Restrições que podem impedir seu financiamento:

Ter recebido benefícios de algum programa habitacional;
Estar cadastrado no Cadastro Nacional de Mutuários (CADMUT);
Ter um imóvel;
Ser arrendatário do Programa de Arrendamento Residencial (PAR);
Ter um financiamento de imóvel residencial ou de material de construção em seu nome;
Estar inscrito no Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal (CADIN);
Ser empregado na Caixa ou estar casado com quem trabalha na Caixa.

Documentos necessários (original e cópia):

Solteiro(a): Certidão de nascimento atualizada;
Casado(a): Certidão de casamento;
Divorciado(a)/separado(a): Certidão de casamento averbada;
Carteira de identidade
CPF
Comprovante de renda: os 3 últimos holerites
Carteira de trabalho
Identificação – frente e verso;
Contratos de trabalho (se possuir)
Opção pelo FGTS;
Comprovante de residência atualizado
Declaração de imposto de renda atual (se possuir)
Último comprovante de pagamento de água, luz, telefone, etc…
Extrato dos 3 últimos meses de contas em outros bancos (se possuir)

Veja também em nosso site : Financiamento Minha Casa Minha Vida

[adrotate banner=”11″]Quem tem renda mensal de até R$ 5 mil

O primeiro ponto que você deve saber é que os benefícios irão mudar de conforme a sua renda, se você está na faixa entre R$ 1.600 e R$ 3.275, o governo ajuda o financiamento pagando parte da entrada do imóvel (até R$ 25 mil

Publicidade
). Agora, se a sua renda está entre R$ 3.275 e R$ 5 mil, o benefício pode ser o desconto no valor do seguro embutido no financiamento e/ou a taxa de juros menor do que de outros bancos.

Quem recebe entre R$ 1.600 e R$ 5 mil pode ir direto a uma agência da Caixa Econômica Federal, correspondente bancário CAIXA ou em uma construtora. Mas antes de pedir o financiamento, faça uma simulação para ter ideia dos valores das parcelas e da entrada.

Em seguida, quando encontrar o imóvel que deseja e cabe no bolso, peça a aprovação do financiamento.

Restrições que podem impedir seu financiamento:

Estar negativado,
Escolher um imóvel com documentação irregular ou com problemas na parte elétrica e hidráulica
Restrições no Banco Central quanto a emissão de cheques sem fundos, por exemplo
Verificação de restrições e pendências na Receita Federal e INSS. Isto se aplica também ao vendedor

Outras restrições podem aparecer no processo de aprovação do financiamento, mas você pode pedir uma explicação caso isso aconteça.

Documentos necessários (original e cópia):

Solteiro(a): Certidão de nascimento atualizada;
Casado(a): Certidão de casamento;
Divorciado(a)/separado(a): Certidão de casamento averbada;
Carteira de identidade
CPF
Comprovante de renda: os 3 últimos holerites
Carteira de trabalho
Identificação – frente e verso;
Contratos de trabalho (se possuir)
Opção pelo FGTS;
Comprovante de residência atualizado
Declaração de imposto de renda atual e o recibo de entrega desta declaração
Último comprovante de pagamento de água, luz, telefone, etc…
Extrato dos 3 últimos meses de contas em outros bancos (se possuir)

Você pode fazer a simulação no simulador da Caixa Econômica Federal (aqui) e ver o que pode aproveitar do Minha Casa Minha Vida.

Written by Leandro Isola

Criador do Porta Elos, formado em Gestão de TI e pai do João Olavo. É apaixonado livros e boa informação.

What do you think?

Comments

Comente !
  1. Sou funcionário da CEF, e não há impeditivos para que um funcionário da instituição ou mesmo seu cônjuge contrate um financiamento habitacional.

    • Voce como é funcionario da CEF pode me tirar uma duvida eu moro numa cidade não tenho imóvel no nome, consigo fazer financiamento pela minha casa minha vida par construir uma casa em outra cidade.

  2. fui tentar fazer, mais na minha cidade eles estavam pedindo o numero do NIS, mais eu não tenho esse numero, tenho apenas o PIS, realmente é necessário ?

  3. Gostaria de saber como é feito a atualização de dados do programa minha casa minha vida?

  4. OLA POSSUO UMA RENDA DE 1600,00 REAIS,GOSTARIA DE SABER COMO FAÇO PRA CONSEGUIR FAZER O FINANCIAMENTO,E SE MESMO ESTANDO COM O CPF NEGATIVADO POSSO CONSEGUIR?

    • Acho difícil conseguir negativa do,se prestar atenção no texto esta explicado sobre isso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Tire suas dúvidas sobre o PIS/PASEP 2014

Receita de Irish Car Bomb Brownies