in

Computador de R$ 50 chega em 2012

O anúncio das vendas do computador cuja placa mãe é do tamanho de um cartão bancário, foi feita por seus criadores no blog do produto. “Estamos fazendo testes com os primeiros aparelhos e, se tudo der certo, colocaremos nas lojas a partir de janeiro”.

O Raspberry Pi, irá custar cerca de R$ 50 (ele custa oficialmente U$ 25), começará a ser vendido nos Estados Unidos e Inglaterra em janeiro. A máquina é voltada para crianças e para incentivar o estudo da informática, e para ser usados em escolas como ferramenta de estudo.

A idéia por trás de um computador pequeno e barato para as crianças veio quando Eben Upton (um dos fundadores da Raspberry Pi estava lecionando e trabalhando no processo de admissões na Universidade de Cambridge. Quando Eben notou uma queda nos níveis de habilidades dos alunos para o curso de Ciência da Computação, os candidatos estavam menos técnicos, segundo Upton “Algo tinha mudado a forma como as crianças estavam interagindo com computadores.”

O pequeno computador será capaz de exibir videos em alta definição, como demostra os criadores neste video :

Configuração : O PRaspberry Pi tem um processador ARM de 700MHz, suporte para OpenGL ES 2.0, tem 256 MB de RAM, TV, HDMI e saídas de áudio, uma porta USB, um slot Flash para cartão de memória, placa de rede. Isso tudo é montado sobre uma placa de 85,60 milímetros x 53,98 milímetros e é alimentado por uma fonte de 5V.

Placa do computador é do tamanho de um cartão de crédito

O computador terá dois modelos. O mais simples, modelo A, custará US$ 25 (cerca de R$ 50) e terá 128 MB de memória, neste modelo a única forma de conexão com a internet é usando um adaptador USB e o modelo B, custará US$ 35 (R$ 70), mas terá o dobro de memória (256 MB) e também placa de rede. Os dois modelos tem entradas USB e HDMI para conectar o Raspberry Pi em um monitor ou TV e poder conectar mouse e teclado.

Written by Leandro Isola

Criador do Porta Elos, formado em Gestão de TI e pai do João Olavo. É apaixonado livros e boa informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Empresa processa funcionário e quer de volta seus 17 mil seguidores

Tecnologia na Saúde