Conheça a mulher que seria pivô da separação de Brad Pitt e Angelina Jolie

0

Receba atualizações em tempo real grátis

Publicidade

O mundo entrou em choque com a separação de Brad Pitt e Angelina Jolie, o comunicado oficial é que a atriz pediu o divorcio alegando “diferenças irreconciliáveis” e pede para ficar com a custódia física dos filhos. Mas segundo o site PagesSix, o motivo seria a atriz francesa Marion Cotillard.

Marion Cotillard trabalhou com Pitt no filme “Allied” que será lançado em novembro de 2016, e segundo o segundo site o relacionando dos dois foi esquentando, ao ponto de um informante da revista “Star” ressaltar o bom entrosamento dos atores.

Foi então que Angelina Jolie colocou um detetive na cola de Pitt e descobriu a suposta traição, e já contratou o renomado advogada Laura Wasser.

Marion Cotillard
Marion Cotillard, trabalhou com Bitt em seu ultimo filme

Mas segundo fontes ouvida pelo site, o casamento não ia bem, segundo a fonte “Ele (Pitt) está no meio de uma crise de meia-idade, e Jolie estava farta”. E continuou dizendo que Angelina queria parar de fazer filmes e mudar de Hollywood para dedicar-se em tempo integral aos filhos e viajar o mundo com seu trabalho humanitário, enquanto Pitt prefere o glamour de Hollywood.

Publicidade

O casal se casou em agosto de 2014, mas estão juntos desde 2004. Brad Pitt já teve outra separação polêmica, ele e Jennifer Aniston se divorciaram deixando os fãs tristes, Pitt teria deixado Aniston para ficar com Angelina Jolie depois de os dois terem se apaixonado nas gravações do filme em “Sr. e Sra. Smith”, em 2004.

Receba atualizações em tempo real grátis

Deixe um cometário :)

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.