como saber se o fgts está sendo depositado
in

AmeiAmei

Como saber se a empresa está depositando o FGTS e INSS pela internet

Publicidade

Para evitar surpresas desagradáveis na hora de se aposentar ou de sacar o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), o trabalhador deve sempre verificar se os seus direitos estão sendo recolhidos corretamente.

Segundo o Ministério do trabalho mais de 190 mil patrões e empresas não depositaram corretamente o valor do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço , o que atinge mais de 7 milhões de trabalhadores.

Sempre que alguém trabalha com carteira assinada, tem um desconto em folha de pagamento relativo à contribuição para o INSS, mas algumas empresa e patrões recolhem o direito mas não destinam ao INSS, o que pode prejudicar a aposentaria do trabalhador e outros benefícios como auxílio-doença ou um salário-maternidade.

A empresa ou empregador (no caso de empregados domésticos) que não paga o INSS do empregado comete crime previdenciário. O nome deste crime é apropriação indébita previdenciária, previsto pelo art. 168-A do Código Penal.

Como saber se a empresa depositou o FGTS e INSS

extrato de inss empresa

Você pode verificar se sua empresa ou empregador está pagando seu INSS corretamente através da internet, mas para acessar seu extrato do INSS (Vínculos e Contribuições), você precisa cadastrar uma senha.

Você pode fazer isso pela internet ou pessoalmente,  pela internet, você deve acessar o Meu INSS meu.inss.gov.br.

como saber se o fgts esta sendo depositado pela internet

Depois clicar no canto superior direito da tela em Entrar  e depois  em Login, coloque seu CPF e clique em Cadastre-se.

Você deve informar o CPF, o nome completo, a data de nascimento, o nome da mãe e o Estado de nascimento para fazer o login. Em seguida, segurados e beneficiários respondem a cinco perguntas sobre o histórico previdenciário e o seguro-desemprego.

Pronto: é gerado, um ‘Código de Acesso’, que você deve depois mudar para uma senha.

Todo o procedimento leva alguns minutos e o usuário já é habilitado para acessar todas as funcionalidades disponíveis.

Com a senha em mão, basta acessa o site da Previdência Social e selecionar Extrato de Vínculos e Contribuições Previdenciárias.

Outra maneira é pessoalmente, para isso ligue 135 e marque um  agendamento de seu atendimento.

Lá você vai poder consultar pessoalmente o seu CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais), que é um documento no qual constam as informações de contribuições ao INSS.

Atenção : No dia de seu atendimento leve um documento de identificação com foto e o número do Cadastro de Pessoa Física – CPF (obrigatório).

Como consultar o FGTS

Já o recolhimento do Fundo de Garantia por tempo de Serviço (FGTS), pode ser consultado de maneira mais simples, basta acessar o site da Caixa Econômica Federal, aqui e acessar o menu Para trabalhadores e selecionar o FGTS.

Caso você nunca tenha acessado seu extrato de fgts é necessário criar uma senha, mas diferentemente do site no INSS, a senha do FGTS pode ser feita no próprio site, para isso você precisa sabe seu número de PIS ou PASEP (pode ser encontrado na suca carteira de trabalho)

Publicidade
.

No site são apresentadas todas as contas vinculadas do FGTS para o número de inscrição PIS/PASEP informado, e o Extrato Completo apresenta o saldo atualizado e todos os lançamentos das suas contas de FGTS desde o primeiro depósito.

Caso você não tenha acesso a internet também é possível realizar a consultar nas agencias bancarias da Caixa Econômica Federal ou em uma loteria, mais ser você tiver o cartão cidadão você também pode realizar a consulta pelo o caixa eletrônico na Caixa Econômica Federal .

Para realizar essa ou qualquer outra movimentação nesta conta do FGTS é necessário ter o cartão cidadão presente em mãos, já os que comparecem diretamente nas agencias caixas precisam esta portando documento original de identificação e a carteira de trabalho aonde consta o número de Pis.

O que fazer se o patrão ou a empresa não paga o INSS e FGTS ?

empresa não esta pagando inss

Um saída é entrar em contato com a empresa e tentar um acordo para regularizar a situação. Nos casos em que a empresa não exista mais, o colaborador pode ingressar com uma ação trabalhista perante à Justiça do Trabalho e requerer da empresa o pagamento do FGTS devido.

Mas caso o acordo não seja viável, você pode denunciar, por meio das Superintendências Regionais do Trabalho. Os dados do denunciante são mantidos em sigilo.

Você pode ir também até o sindicato da categoria, ou ir no Ministério Público do Trabalho. “Nos casos em que a empresa não exista mais, o colaborador pode ingressar com uma ação trabalhista perante à Justiça do Trabalho e requerer da empresa o pagamento do FGTS devido”, explica em nota o Ministério do Trabalho.

Mas lembre-se, você só pode cobrar da empresa 5 anos de FGTS não depositado (ainda que tenha trabalhado mais tempo na empresa), e o prazo começa a contar na data em que a pessoa entra na Justiça, por isso fique sempre anterior ao seu saldo do FGTS.

E caso tenha saído da empresa, o prazo para entrar com empresa é de até 2 anos.

Uma boa dica é receber o SMS sobre cada deposito feito em sua conta do FGTS, esse serviço é oferecido gartuitamente pela Caixa, pode ser solicitado aqui.

Written by Leandro Isola

Criador do Porta Elos, formado em Gestão de TI e pai do João Olavo. É apaixonado livros e boa informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Odebrecht

Anonymous divulga documentos sigilosos da Odebrecht

careca tv

Canal Careca TV de menina de 12 anos que comoveu a web é hackeado