Drone é usado por quadrilha que rouba casas em São Paulo

Criminosos usavam o aparelho para verificar o porte das casas que iriam assaltar

0

Receba atualizações em tempo real grátis

A quadrilha com 5 integrantes foi presa acusada de cometer pelo menos nove arrastões em condomínios de luxo na região metropolitana e interior, segundo a Polícia Civil de Mogi das Cruzes (Grande São Paulo), a quadrilha usava um drone (veículo aéreo não tripulado) para fazer o reconhecimento das ruas internas do condomínio e também para identificar as casas que seriam alvos.


Especial : Confira novidades da Natura para essa semana (acesse aqui)

“Eles usavam drones para conhecer as residências com imagens do alto, verificando o porte de cada casa e, assim, eles atacavam o condomínio sabendo o que iriam encontrar”, explica o delegado titular do terceiro distrito policial de Mogi das Cruzes, Alexandre Batalha.

A série de crimes acontecia há pelo menos dois anos em Mogi das Cruzes, Arujá, Jacareí, São José dos Campos e Campinas. Os criminoso tambem são suspeitos de cometerem assaltos a agências bancárias.

Receba atualizações em tempo real grátis

Deixe um cometário :)

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.