A

Empresa paga para reciclar seu lixo eletrônico

4

Receba atualizações em tempo real grátis

Imagine você ir em uma loja e antes de comprar um aparelho eletrônico novo, você pega o seu velho celular ou notebook, e através de um quiosque na loja, descarta corretamente o aparelho e recebe dinheiro por isso. Ilusão ? Apesar de ser uma ideia futurista a empresa ecoATM já está fazendo disto uma realidade.

Se você tem um telefone celular quebrado, um MP3 que não funciona ou cartucho de tinta que não da para recarregar, os quiosques da ecoATM irão analisar o produto e o seu valor – e qual dano ambiental se descartado de forma incorreta – e depois disto irá fazer uma oferta que você não pode recusar-se: dinheiro em troca de reciclar o seu aparelho.

A empresa diz oferecer bons pagamento pelo lixo tecnológico, mas o maior valor pode ser a gratificação de você fazer o descarte corretamente. O quiosque promete guardar o seu dispositivo e entregar o dinheiro ou crédito da loja, nenhum contato humano necessário.

O sistema pode demorar alguns minutos (veja abaixo), mas a empresa diz estar trabalhando nisto. Em um ano de testes, ecoATM já reciclou mais de 50 mil dispositivos, de acordo seu co-fundador Mark Bowles.

A empresa fez um financiamento de U$ 14 milhões para expandir agressivamente seus quiosques. O Google esta colocando um quiosque da ecoATM em Mountain View dentro das próximas semanas, e no campus da Microsoft em Redmond já tem um.

Mas a má noticia é que esta tecnologia não chegou ainda no Brasil, apesar do governo já ter aprovado a Política Nacional de Resíduos Sólidos, que determina que União, Estados e municípios elaborem planos para tratar de resíduos sólidos, estabelecendo metas e programas de reciclagem. Também proíbe lixões e afirma que cabe às indústrias o descarte de produtos eletrônicos, entre outros.

O sistema, chamado de logística reversa, deverá ser implantado por fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes. Com isso, depois de usados, itens como pilhas,baterias e pneus, além dos produtos eletroeletrônicos e seus componentes, deverão retornar para as empresas, que darão a destinação ambiental adequada. Mas iniciativas como os quiosques da ecoATM podem ajudar conscientizar a população e ainda ajudar na destinação correta do lixo eletrônico.



O Tamanho do Problema

O Brasil produz 2,6Kg de lixo eletrônico por habitante. Até 2012 espera-se que o número de computadores existentes no país dobre e chegue a 100 milhões de unidades. Aqui no Brasil são fabricados por ano 10 milhões de computadores, e quase nada está sendo reciclado. Apenas de celulares e as baterias que são fabricadas através de componentes tóxicos, são 150 milhões. Somente 2% dos celulares são descartados de forma correta. Os outros 98% são simplesmente jogados em casa ou despejados no lixo comum, criando ainda mais impacto ambiental.

E você faz sua parte ?




Receba atualizações em tempo real grátis

4 Comentários
  1. Deodato Portela Diz

    Por favor me ajudem faz duas
    semanas que eu procuro uma firma ou uma ong que retire lixo eletronico e não consigo,

    o meu enderêço é Rua Himaláia 707 parque novo oratório Santo André SP.

  2. fdp Diz

    Nauh fala isso com o cara nauh pow é maa kkkkk

  3. william Diz

    Deodato, qual é o tipo de lixo eletronico que você possui ?
    Qual a quantidade ?

  4. william Diz

    Deodato Portela, Qual a quantidade e tipo de lixo que o senhor possui ?

Deixe um cometário :)

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.