Site icon Portal Elos

Empresas Indianas, elas estão chegando !

São muitas as notícias de empresas brasileiras que estão negociando e trabalhando com empresas do continente asiático, sabemos que o mercado consumidor lá é muito grande. Só na Índia, por exemplo, existem mais de 1,2 bilhões de pessoas e entre elas 250 milhões são vistas como possíveis consumidores de baixa renda. Algo como nossa classe C aqui do Brasil. Pessoas que, devido à transformação social do país, estão cada vez mais com sede de consumo. No Brasil são 30 milhões, 75% menos que na Índia.


Veja : Natura faz liquidação, (acesse aqui)

A mão de obra na Índia, principalmente na área de tecnologia, é muito bem qualificada. Uma das melhores universidades do mundo nesta área fica na capital do país – IIT Indian Institute of Technology Delhi. E o melhor (ou pior) é que essa mão de obra é extremamente barata – se comparada com a mão de obra dos EUA, Europa e inclusive o Brasil. Muitos dos jovens indianos que terminam um curso superior, ou querem ter experiências fora da Índia (as prioridades ainda são EUA e Inglaterra), ou já ingressam em uma pós-graduação ou especialização.

Com isso, nossas empresas de tecnologia que apostarem ir para a lá vão encontrar algumas diferenças entre nossas culturas, mas não vão ter problemas em encontrarem mão de obra qualificada. A pergunta é: Será que o oposto é verdadeiro?

A Índia é a maior exportadora de tecnologia do mundo, isso quer dizer que empresas indianas também enxergam o crescente mercado brasileiro de consumo. A maior dificuldade encontrada é justamente a mão de obra. Além da quantidade de mão de obra especializada que demandam outras barreiras como o inglês, idioma indispensável para comunicação entre filiais, matriz, clientes e fornecedores, a flexibilidade para fácil adaptação entre as diferentes culturas e o perfil de trabalho em equipe são os principais.

A vantagem de trabalharmos em equipe melhor que a maioria deles. A sede por conquistar o espaço no mercado é muito grande e eles crescem com um espírito de competitividade tão grande que poucos são abertos a sugestões e no geral não gostam de discutir um problema para não precisarem dividir o mérito.

Por isso, àqueles que se interessam por tecnologia, agora é a hora!  Levar a sério os estudos, se especializar, aprimorar o inglês e o trabalho em equipe. Mãos á obra, afinal  as empresas de TI indianas desembarcaram de vez no Brasil, com presença global e metodologias consagradas, as empresas indianas de TI atuam principalmente na prestação de serviços terceirizados. Elas têm ampliado seus investimentos no Brasil, o que abre espaço para a contratação de centenas de profissionais. Há mais de 500 vagas em aberto no Brasil, vejamos somente alguns exemplos :

TCS – Tata Consultancy Services  tem 100 vagas na área de TI, já  a HCL tem 50 e a Wipro tem 340 posições abertas para profissionais de tecnologia. São todas vagas para contratação em regime CLT para trabalhar no Brasil.

Quer mais informações sobre a Índia? Visite o Blog do Lucas, nosso colunista .

Confira nosso artigo : 14 Dicas de como fazer um bom currículo em inglês

Sair da versão mobile