Entenda as diferenças entre malware, vírus, spyware e worms

1

Receba atualizações em tempo real grátis

Publicidade

Ameaças constantes do mundo tecnológico, vírus, malware , spywares e worms são parte intrínseca da rede mundial de computadores. E o pior, eles estão mais presentes no convívio cibernético do que imaginamos. Mas qual a diferença entre eles? E os perigos que representam?

Estudo originalmente publicado para esclarecer dúvidas e cuidados necessários ao navegar, fazer downloads diversos, inclusive ao baixar antivirus (mais detalhes no link) explica como funcionam essas ameaças para entendermos que tipo de riscos corremos ao ter nossas máquinas infectadas.

Malwares

Derivado das palavras malicious e software, ele é projetado para se infiltrar uma máquina, seja ela um desktop, notebook, tablet, smartphone ou qualquer outra plataforma. Com ele no sistema, programas ou outras funções do aparelho podem ser executados sem o consentimento do usuário. O objetivo dele é, geralmente, monitorar a navegação e roubar senhas de redes sociais e serviços de Home Banking, além de enviar spams.

Um dos tipos de malwares mais utilizados pelos hackers são os Worms. Talvez pelo fato de poderem se espalhar mais rapidamente do que outros softwares maliciosos. Ele utiliza a rede para enviar cópias de si mesmo para outros computadores, geralmente se aproveitando de alguma falha de segurança de forma automática, sem a intervenção do usuário. Por esse motivo, eles são capazes de se replicar rapidamente.

Vírus

Funciona de modo semelhante a seu homônimo biológico. Através de um arquivo infectado, ele se espalha da mesma forma como no organismo. Assim, também pode executar funções sem que o usuário saiba ou emita comandos. Seus principais objetivos são: deixar computadores inoperantes e apagar ou corromper arquivos, quando são infectados. Um dos vírus mais conhecidos e perigoso já registrados foi o “I love you”, uma carta de amor que se espalhou por e-mail e afetou milhares de usuários. Ele é considerado responsável pela perda de mais de cinco bilhões de dólares em diversas empresas.

Publicidade

Spywares

Do inglês ‘espiar’ + software, como o próprio nome diz, é um software espião que coleta dados do seu computador ou plataforma. Ao contrário do vírus, não causa estragos nem corrompe seus arquivos. Seu principal objetivo é ganhar dinheiro às suas custas, mas sem causar danos perceptíveis.

Como se proteger?

Mesmo com tantos perigos, é possível se precaver e proteger seu sistema de todos eles. Antes de escolher um antivírus, é importante se informar se é confiável e eficiente. Leia reviews, teste versões gratuitas. Diversos sites, como esse por exemplo, testam antivírus e fazem reviews explicando os prós e contras de cada um.

Além disso, é altamente recomendável ter cuidado com os sites por onde se navega e dos quais faz download. Antes de fazer um download, vale a pena rodar um antivírus bom no arquivo a ser instalado em seu computador, celular, tablete e outros.

É como gripe, todos nós já pegamos inúmeras vezes. Mas é importante se manter protegido para evitar riscos.

Você já enfrentou algum problema sério com essas ameaças? Como resolveu?

Receba atualizações em tempo real grátis

1 comentário
  1. Igor Campos Diz

    Pessoal, uma dica valiosa: não baixem o antivírus Psafe. É quase um vírus, de tão ruim. Acaba com o computador. Tá aqui um link para ajudar a desinstalar:

Deixe um cometário :)

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.