Notícias Escola vai multar os pais de alunos que intimidem...

Escola vai multar os pais de alunos que intimidem e agredirem outros alunos

-

Todas as crianças brincam uma com as outras, mas quando a brincadeira passa para um nível em que incomoda muito, o chamado  bullying,  é preciso intervir, pois pode causar grandes danos para as crianças.

Pensando nisso uma escola dos EUA começou algo que esta sendo implantado em outras partes do mundo, quando a criança esta passando dos limites os pais recebem um aviso e caso o aluno cometa o bullying novamente os pais são multados, a multa vai de 600 dólares, lembrando que a multa não é para as brincadeiras normal de crianças, mas sim quando começam a ser ofensivas e perversas.

bullying

De acordo com ao jornal tribuna de Wisconsin Rapids, o resumo da nova lei, – instituída em meio a uma crise global de assédio e cyberbullying entre crianças e adolescentes – diz:

“A lei proíbe bullying ou assédio, proíbe retaliação contra qualquer pessoa que denuncie bullying ou assédio e também responsabiliza os pais e responsáveis ​​por esse comportamento de crianças menores de 18 anos. Inclui uma multa de US $ 50 – cerca de R$ 208,55 – pelo primeiro crime de bullying de uma criança, mas adicionados de US $ 313 uma vez que os custos judiciais são levadas em consideração. Os pais recebem um aviso por escrito antes de emitir uma intimação, de acordo com a lei.”

Tudo isso é para tentar diminuir o bullying, e a lei já mostra resultados, eles viram uma diminuição na incidência de assédio sem a necessidade de emitir uma multa. Até agora, a polícia apenas teve que emitir avisos e os pais foram capazes de corrigir qualquer problema com seu filho.

Na era em que tudo é disseminado pela Internet, com uma rapidez impressionante e supervisão zero, é importante estabelecer limites aos filhos.

agressao nas escola

No Brasil, a psicopedagoga e psicóloga clínica Cynthia Wood, não acredita que essas multas sejam eficazes no contexto brasileiro. “Em casos de bullying, é importante que a escola não tenha a postura de resolver tudo sozinha… Isso precisa ser sinalizado aos pais de quem agrediu, eles precisam saber disso. Poderia ser o caso de chamar os pais para palestras sobre bullying, mas uma multa estaria longe de resolver a situação, porque não refletiria de forma alguma na postura da criança”, ressalta.

E você o que acha dessa lei ? Comente !

 

Leandro Isola
Criador do Porta Elos, formado em Gestão de TI e pai do João Olavo. É apaixonado livros e boa informação.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Novidades

Bolsonaro vai demitir ministro da Saúde Luiz Mandetta hoje, diz jornal

Segundo jornal, o presidente Jair Bolsonaro  vai demitir o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, hoje, segunda-feira (06/04). A informação...

Para evitar acidente, cachorro ganha torre de vigilância para espiar a rua

Um casal se mudou para um nova, mas acabou tendo um problema, o seu cachorro Cheque ficava no terraço...

L’Oréal vai produzir e doar álcool gel e produtos de higiene para hospitais públicos

Na luta contra 0 COVID-19, a L'Oréal Brasil anuncia a produção industrial de 170 toneladas de álcool gel em...

Vitamina D: A nova queridinha da saúde no reforço a imunidade

Segundo Organização Mundial da Saúde (WHO), a deficiência de Vitamina D no organismo das pessoas já é uma pandemia. O...

Preconceituoso Rodrigo Branco chama Bella Falconi de autista “meio retardada” em vídeo

Mais um ato de preconceito e falta de informação, agora Rodrigo Branco, conhecido por alguns como guia turístico de...

Inclusão de autistas no ensino regular traz benefícios para todos

Hoje é o Dia Mundial de Conscientização do Autismo, no Brasil, o autismo vem ganhando cada vez mais espaço...

Veja também

Pai da noiva interrompe casamento e chama o padrasto para entrar junto com sua filha

O casamento da jovem Brittany Peck estava começando quando...

Empreendedorismo para a vida – A menina do Vale

Muito diferente de décadas passadas, hoje é muito comum...
- Publicidade -

MaisNovidades
Veja o que mais é notícia