Facebook compartilha informações técnicas sobre o seu datacenter

0

Receba atualizações em tempo real grátis

Publicidade

O Facebook está compartilhando a tecnologia por trás do poder dos seus servidores que suportam os acessos em massa à rede social. Seguindo a política de compartilhamento de dados e ideias, a empresa quer apertar o “share” em seus documentos sobre especificações e design para dar um impulso no setor.A proposta é incentivar novas startups a produzirem servidores mais eficientes e promover a inovação, beneficiando melhorias para todo o mercado e para a própria companhia.

Os centros de dados são a espinha dorsal de empresas que prestam serviços de internet como a Google e a Microsoft, que mantém detalhes do funcionamento de seus produtos em segredo. Entretanto, o Facebook decidiu divulgar informações sobre os seus “data centers” nesta quinta-feira, em um coletiva de imprensa.

Os centros de dados armazenam e transmitem bilhões de informações de usuários como atualizações de status, links, fotos e todas as aplicações que utilizam na rede social. Um maquinário que aguenta uma demanda diária e crescente de mais de 500 milhões de usuários. Depois de alugar espaço em centros de dados de Califórnia e Virgínia durante seus sete anos de existência, a rede social recentemente construiu o seu primeiro “data center” fora de Palo Alto na cidade de Prineville, em Oregon.

O vice-presidente da área técnica Jon Heiliger comparou as antigas instalações a um apartamento alugado, em que poderia pintar as paredes de “qualquer cor”, desde que fossem brancas. Ainda de acordo com executivo, além da falta de liberdade, faltava desempenho, diz o Business Insider .

Publicidade

Entre os recursos disponíveis nos hardwares desenvolvidos pelo Facebook, estão a redução da perda de energia e a reutilização do ar quente dos corredores onde estão alocados os servidores para escritórios durante o inverno.

O novo centro de dados da empresa melhorou a eficiência dos servidores em 38% e reduziu os custos em 24%, de acordo com Heiliger. Prova disso é que o Facebook deciciu dividir o sucesso com todo o setor. Heiliger brincou e disse que “é hora de parar de tratar os centros de dados como o “Clube da Luta”, reafirmando que é preciso compartilhar informações.

O hardware utilizado pelo Facebook foi desenvolvido por uma pequena equipe de apenas três engenheiros, em um escritório na sede da rede social em Palo Alto. As técnicas utilizadas na construção do novo “data center” e outros detalhes do Open Compute Project podem ser encontrados no site do projeto e no blog dos engenheiros do Facebook.

A empresa fez parcerias com algumas das maiores companhias mundiais de hardware – HP, Dell, AMD e Intel – para lançar o programa e quer se tornar influente no setor.

Receba atualizações em tempo real grátis

Deixe um cometário :)

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.