Finalmente, o podcast entra em sua Era de Ouro.

0

Receba atualizações em tempo real grátis

A frase acima já pode ter sido ouvida ou lida há algum tempo atrás, na verdade, todo ano os especialistas afirmam a ascensão do reinado do podcast. Todavia, a situação socioeconômica diz muito sobre o consumo de uma sociedade.


Atenção : Natura faz promoção relâmpago, (acesse aqui)

Atualmente se vive em quarentena, ou seja, toda atividade ou “hobbie” que pode ser feito em casa será incentivado e valorizado, e é nesse momento que o podcast se faz bastante presente. Uma vez que é uma mídia gratuita com os mais diversos assuntos possíveis, como: “storytelling” (conta uma história), sobre notícias, entretenimento, histórico e nichados em áreas profissionais.

Grandes empresas há pouco tempo perceberam a necessidade de produzir conteúdo nessa plataforma, entre elas: Bradesco que é um dos maiores patrocinadores de podcasts brasileiros e o G1 que lançou subprodutos na plataforma com programas diários.

Como surgiu o podcast?

Os primeiros relatos do que seria a ser um existência do podcast se deu nos Estados Unidos na década de 80, com o serviço denominado RCS (Radio Computing Services). Em termos gerais, disponibilizava um software de música e conversação para emissoras de rádio, no formato MIDI. Por ser um serviço restrito, na época, não era disponibilizada para que qualquer pessoa ouvisse, criasse ou distribuísse tal conteúdo.

O fator inovador que agora se tinha a mídia auditiva em digital.

E em 2004 nasce o primeiro agregador de podcasts, o seu criador Adam Curry, ex VJ da MTV, o qual é o seu código é disponibilizado na internet permitindo assim que outros programadores viessem a aperfeiçoar e utilizar. No Brasil, o primeiro registro da mídia pertence ao “Digital Minds”, apresentado por Danilo Medeiros, o qual teve seu último episódio em 2006 e o tema principal do programa era tecnologia.

Desde então nunca mais parou consagrando os programas do “Jovem Nerd”, “Mamilos Polêmicos”, entre outros que são os mais conhecidos pela blogosfera.

E a Era de Ouro?

De acordo com com pesquisas realizadas em 2019, as quais podem ser lidas na integra no site da Gente Globosat, 21 milhões de pessoas se declararam ouvintes de podcasts, sendo a maioria jovens adultos, o que é compreensível ao notarmos que é uma mídia bem nova.

Parte do sucesso do podcast tem como responsável a intensa comercialização de smartphones no país, o qual representa 75% dos principais meios por onde os ouvintes consumem essa mídia.

É o que mais agrada os ouvintes é a liberdade de escolher o assunto da sua preferencia, não ter comerciais invasivos, ter a disponibilidade de fazer download e ouvir quando quiserem além da facilidade ser consumido a qualquer hora do dia, seja no trabalho, nas atividades do lar ou no treino.

Cada vez mais empresas vendo a mídia como uma ótima e barata forma de publicidade, e a internet brasileira buscando o aperfeiçoamento, pode-se acreditar que o podcast já vive a sua era de ouro como reinará por um tempo sem se preocupar em perder a coroa!

Receba atualizações em tempo real grátis

Deixe um cometário :)

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.