A

Globo compra 40% do ClickOn

0

Receba atualizações em tempo real grátis

Depois de Ratinho, as Organizações Globo decidiram invadir o novo filão: o de compras coletivas. O grupo passa a deter 40% do site Click On em negociação feita pela Mosaico, empresa de investimentos em negócios de Internet da Globo.

“O modelo de compras coletivas dinamizou o comércio eletrônico no Brasil, atraindo novos consumidores e empresas para fazer negócios online, e enxergamos um forte potencial para seu crescimento continuado nos próximos anos”, explica Guilherme Pacheco, CEO da Mosaico, que destaca a atuação do ClickOn.

O ClickOn, que completa um ano de operação neste mês de maio, é o quarto investimento da Mosaico, que já investiu no site de viagens Mundi, na Gazeus, desenvolvedora de jogos online em redes sociais, e no site Zoom, voltado para apoio a compras, que será lançado oficialmente no segundo semestre.

“Buscaremos todas as oportunidades de negócio da ClickOn com as empresas do portfólio da Mosaico e das Organizações Globo. Seguramente, essas parcerias trarão um grande diferencial para alavancar a audiência e vendas para o ClickOn alcançar a liderança do mercado”, assinala Guilherme Pacheco.

Mercado afunila

Apesar de ainda ser taxado como novidade, o segmento de compras coletivas na internet já começa a afunilar. Cerca de 20% dos sites que operavam até o final do ano passado após o boom do setor foram extintos. Um ano após a chuva desses sites da web, 250 de 1200 páginas já saíram do ar.

O índice de mortalidade segue o padrão do tempo médio de duração das pequenas empresas, mas há motivos que explicam o fracasso do negócio aparentemente simples de ser comandado.

As compras coletivas dependem de parcerias com lojas, hotéis, restaurantes e prestadores de serviços em geral. Quem não tem força para vendas não sobrevive, pois tem dificuldade de manter e encontrar novos parceiros. Alguns empresários, quando descobriram a complexidade do negócio, desistiram.

Receba atualizações em tempo real grátis

Deixe um cometário :)

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.