in

Google e Facebook tentam comprar o Skype, quem leva?

Publicidade

Duas gigantes da internet estariam interessadas em incorporar o Skype ou então formar uma joint venture com a dona de um dos comunicadores instantâneos mais populares do mundo. E Mark Zuckerberg, CEO do Facebook estaria envolvido pessoalmente no acordo sobre a compra do Skype ou a formação de uma joint venture, com a empresa.

Já o Google entra na história querendo a segunda opção, em que as duas companhias (Google e Skype) formariam uma terceira empresa, sem que haja necessariamente aquisição por parte de uma delas.

Um acordo com o Skype pode ser avaliado em U$ 3 bilhões a U$ 4 bilhões, segundo os especialistas com a compra o IPO (a primeira venda de ações da empresa no mercado de ações) do Skype deve levantar cerca de U$ 1 bilhão.

As discussões ainda estão em estágio inicial, mas o Facebook leva um pouco de vantagem já que o Skype incluiu na versão 5.0 uma aba que dá acesso ao chat da rede social.

Publicidade

Contra o relógio :

A Apple e a Google com Google Voice têm “invadido” o território do Skype, fazendo o comunicador perder mercado. E com o crescimento da comunicação via redes socias, o Skype logo terá que partir para um novo metodo para continuar crescendo.

O Skype informou : “Por uma questão prática, evita comentar rumores e especulação”.

E mais :

Esta semana, a Skype atraiu a atenção no Brasil ao anunciar que seu serviço Online Number – que permitia o atendimento, por usuários Skype, de chamadas provenientes de telefones fixos e móveis – não seria mais oferecido no país.

Written by Leandro Isola

Criador do Porta Elos, formado em Gestão de TI e pai do João Olavo. É apaixonado livros e boa informação.

What do you think?

Comments

Comente !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Buscas por "bin laden" no Google sobem 1.000.000%

Em breve, você poderá ver no interior de edifícios com o Google Maps