Justiça decidiu: Mulher traída ganha indenização do ex e da amante

21

Receba atualizações em tempo real grátis

Uma mulher do Vale do Rio Doce, conquistou, em Primeira Instância, o direito de ser indenizada financeira e moralmente pelo rompimento de seu casamento dez dias depois da cerimônia. Os réus, o ex-marido e sua amante, deverão pagar à mulher R$ 50 mil pelos danos morais e R$ 11.098 pelos danos materiais. A decisão é do juiz Roberto Apolinário de Castro, da 2ª Vara Cível de Governador Valadares.

Andreia (os nomes foram alterados para preservar a imagem dos citados) conta que se casou no dia 19 de dezembro de 2009. Neste mesmo dia, logo depois da cerimônia, ela descobriu que seu marido tinha um caso com Letícia. Dez dias após esta descoberta eles se divorciaram, quando Ricardo foi morar com a amante e ainda levou bens materiais da casa: televisão, sofá, o rack da sala e a cama.

Andreia sustentou que a situação causou imenso constrangimento, aborrecimento e humilhação. Ela apresentou comprovantes demonstrando um prejuízo de R$ 11.098 com os preparativos do casamento e com a festa e solicitou reparação pelos danos morais no valor de, no mínimo, R$ 30 mil.

Já os amantes apresentaram defesas, a amante declarou que não poderia ser responsabilizada porque não teve culpa no fim da relação. Já o ex-marido disse que foi ele quem pagou as despesas, juntando aos autos notas fiscais de compra de material de construção.

Veja em nosso site : Advogado salva casamento de cliente com bilhete e faz sucesso na web

Mas o juiz Roberto Apolinário de Castro, entendeu que os danos moral e material ficaram comprovados pelos depoimentos de testemunhas e rejeitou a defesa dos amantes, visto haver nos autos provas de que, tanto no dia do casamento como nos primeiros dias de matrimônio, Letícia fez contato com a noiva dizendo ser amante do homem com quem ela casou. O vínculo entre os dois réus, para o juiz, ficou evidente no fato de que, antes mesmo do divórcio, eles passaram a viver juntos.

O juiz explica que Ricardo não respeitou a noiva ao traí-la e que Letícia não respeitou o relacionamento do casal. A amente demonstrou cinismo durante a audiência, de acordo com o que alega Roberto.

E você o que achou da decisão do juiz ? Comente

Receba atualizações em tempo real grátis

21 Comentários
  1. Josivania bezerra da silva Diz

    Ótimo ,se todo marido trair e for pagar eles vão para de trair foi maravilhoso a decisão desse juiz tá de parabéns.

    1. gilmaracorrea56@gmail.com Diz

      Esse juiz esta de parabens tinha ser lei so assim ambos pensaria duas vezes antes de trair ?????

    2. Marynalva Diz

      Você realmente acredita nisso? Meu Deus!

  2. Maria Diz

    Òtima decisăo. Muito Justa! quem dera se todas as pessoas que tivesse seus sonhos destruídos por traidores sem caratèr pudessem lavar a alma dessa forma.AMEI!!!

  3. Natan Israel Diz

    E os homens, mulher que trai mais kkk

    1. Marynalva Diz

      Né isso! Povo pensa que homens vão parar de por causa disso. Sta burrice! Kkkkkkkk

  4. Vida Nova Diz

    Mas deveria ter as decisão para os dois lados, pois quando o homem é traído?
    O juíz deveria dar a sentença também em benefício do homem traído e exposto.

  5. Cristiane Lentini Diz

    Maravilhoso. Isso já deveria ser lei.

    1. Rosana Diz

      Com certeza!

  6. Josiane Silva Diz

    Vergonha que ela passo e frustração de um sonho.
    Mulher sonha em se casar e ser feliz este senhor de isto onde está a moral, caráter e bons costumes,respeito e dignidade ao próximo estes dois vão receber a paga conforme o que deram!

  7. Renilda Leal Diz

    Perfeito,se todo juiz fosse justo assim seria o fim de golpes matrimoniais

  8. Reni Diz

    Justo e sabia descisao.
    A Lei protege a vitima.
    Sim ela fou enganada. Parabens ao sabio Juiz e a justica seja feito.

  9. Roselene Diz

    Esta LEI na verdade já existiu, mas infelizmente para quem foi humilhado e traído ela foi extinta, por isto hoje toda esta desgraceira acontece nas famílias,

  10. Maria Diz

    Uma otima ideia assim homens é mulheres saberão respeitar uns aos outros

  11. Isali Diz

    Super certo!

  12. Rosilene Diz

    Na verdade quando se ama o respeito é cúmplice, basta ter vergonha na cara e dar um fora nós homens e mulheres casados que não posse tal adjetivo. Achei maravilhosa a decisão bem feito vai mexer com homem alheio, e que ótimo para este homem é o único lugar que dói e no bolso

  13. Rita Diz

    Este juiz está de parabéns pois essas pessoas tem que começarem a ser punidas pois separa reconhecer_realmente casada pela sociedade tem certificar com documento perante um juiz q seja de paz mas é juiz então burlar este ativo leviandade tem que haver punição tb é crime.

    1. Vanice Diz

      Realmente. Esse juiz está de parabéns. Se todos tivessem esse caráter, as pessoas se respeitariam mais. Fiquei casada quase 20 anos. Ele foi meu primeiro namorado. Tivemos 3 filhos. Perdi 2. Me traiu com a colega de trabalho. Tinha 4 anos que eles estavam juntos. No ato do divórcio o juiz disse que traição não é crime. Falou isso bem na minha cara frente para o meu ex. Senti tanto ódio daquele juiz. Ele me deixou no momento crítico. Estava desempregada, doente e com 2 filhos pequenos. ….

  14. Vitoria Diz

    È o que deve ser feito com todos que trai
    Pois sò assim aprendem a respeitar

  15. Jhulie Lopes Diz

    Como eu procuro meus direitos ? ?

  16. Luciano correa Diz

    Mas é uma besta mesmo esse maluco alem de trair a esposa (o que é uma idiotice) o maldito filisteu ainda vai morar com a amante que traiu a sua confiança ligando para a esposa, o bom é que ele em algum momento vai ser boi desta nova mulher.

Deixe um cometário :)

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.