in

Microsoft anuncia novidades com Windows 8

A Microsoft já havia anunciado que o Windows 8 rodaria em X86 e ARM, agora anuncia que virá em três “sabores” diferentes: Windows 8, Windows 8 Pro e Windows RT. Windows 8 será a edição para usuários finais, sem algumas aplicações que a versão Pro irá trazer para gerenciamento de criptografia, virtualização e conectividade de domínio etc, algo parecido com o Windows e Windows Server. Ainda a mesma informou que as essas 2 versões terão para processadores 32bit e 64bits.

Windows Pro 8, segundo a Microsoft, foi projetado “para ajudar entusiastas de tecnologia e negócios / profissionais técnicos obter um conjunto mais amplo de tecnologias Windows 8.”

A edição RT – que será voltada para chips ARM – virá com algumas otimizações no Word, Excel, Power Point, isso mesmo a RT podendo ser rodada em alguns desktops. Essa otimização é devido o RT ser voltado para os tablets.

Com o anúncio a Microsoft não deixou ainda algumas coisas claras, é o caso do Media Center, que aparentemente só virá na versão Windows 8 Pro, aparentemente deixando o mesmo como uma “solução econômica” e pelo que parece virá cheios de “add-on” que seriam pacotes adicionais de mídias.

Se não bastar a Microsoft também oferecerá uma versão coorporativa do Windows 8, que irá incluir todas as funcionalidades da versão Windows 8 Pro, e alguns adicionais como ferramentas para organização de TI tais como segurança avançada, mobilidade de cenários entre outros.

Mesmo a Microsoft não oferecendo a simplicidade que a Apple preza, ela não deixou por menos, já que conseguiu dar uma enxugada em susas versões em relação ao Windows 7 que atualmente apresenta Home Premium, Profissional e Ultimate. Isso sem contar a versão coorporativa bem como versão para computadores com uma capacidade menor de processamento e memória.

Written by Hermes Lei

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Dissertando: “Orkutização” do Instagram

Dia do basta – o país mobilizado