in

Mulher de 75 anos deixa país sem internet.

Uma mulher de 75 anos da Geogia (pequeno país localizado entre Europa e Ásia), ao tentar desenterrar um cabo de cobre para vender, acabou cortando um cabo de fibra ótica, deixando 3,2 milhões de pessoas da Armênia(país vizinho) sem internet por 5 horas. Na Armênia, 90% da conexão à internet chega pela Geórgia através de um único cabo.

Algumas partes da Geórgia e do Azerbaijão também foram afetadas. “A mulher de 75 anos estava cavando para retirar fios de cobre do chão para vendê-los como sucata”, disse o porta-voz do ministério do Interior da Geórgia. Apelidada de “pá-hacker” pela imprensa local, a mulher está sendo investigada e pode pegar até três anos de prisão se for acusada e condenada.

O porta-voz ainda informou que a mulher foi liberada “por conta de sua idade avançada”, mas pode enfrentar mais um interrogatório.

O dano foi detectado por um sistema de monitoramento do link de fibra ótica da Europa Ocidental e uma equipe de segurança foi imediatamente enviada para o local, onde a mulher foi presa. Vender cabos de cobre para a sucata é um meio comum de ganhar dinheiro na ex-União Soviética(em algumas cidades do Brasil também).

Esta noticia nos deixa um alerta, afinal cada vez mais estamos utilizando serviços “na nuvem” e esquecemos que na verdade nós estamos conectados por cabos, a nossa conexão com a infraestrutura de internet nos Estados Unidos é por cabo submarino, e quando falhar, o que será da “nuvem” ?

Written by Leandro Isola

Criador do Porta Elos, formado em Gestão de TI e pai do João Olavo. É apaixonado livros e boa informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Uso de desktops cai com popularização de tablets

Google investe na maior estação de energia solar do mundo