Site icon Portal Elos

Os 5 alimentos mais perigosos que você pode comer

alimentos perigosos

Você é do tipo que gosta de dizer por aí que come de tudo ?. É bom começar a tomar cuidado com alguns alimentos que você pode acabar consumindo, mas que, na verdade, são perigosos para a sua saúde. Confira a seguir uma lista com cindo itens que você deve ingerir com mais cautela, se tiver coragem:


Veja : Natura faz liquidação, (acesse aqui)

Fugu

Talvez o prato mais famoso e caro da lista, delicadas lascas de baiacu podem ser servidas somente por chefs altamente treinados por causa de seus órgãos internos – especialmente seu fígado, intestinos e ovários – que contém altas concentrações de um composto chamado tetrodotoxina, que causa paralisia e pode ser fatal se ingerido. A especiaria contém apenas uma pequena porção da substância potencialmente letal, que é 1.200 vezes mais tóxica que o cianeto. Isso é que é jantar emocionante!

Amêijoas

Relativamente difíceis de encontrar – elas são cultivadas no Golfo do México, no Atlântico e em algumas regiões do Pacífico – estes moluscos vivem num ambiente de menos oxigênio do que seus primos mais popularmente consumidos e, portanto, filtram mais água para captar os nutrientes que precisam. Por sua vez, eles podem ingerir mais vírus e bactérias, incluindo hepatite A, febre tifoide e disenteria. Se for comê-las, informe-se sobre sua origem, e evite as que vieram e águas chinesas, pois elas já foram responsáveis por surtos de hepatite por lá.

Castanha de caju in natura

A não ser que você tenha alergia a castanhas, provavelmente não pensaria em se preocupar com uma das mais deliciosas que existem. Mas quando cruas, as castanhas de caju contém urushiol, um alérgeno que pode ser fatal em grandes quantidades. As embalagens que dizem “castanhas de caju cruas” no mercado enganam, já que o conteúdo na verdade foi cozido no vapor para liberar a química.

Tubarão Hákarl

O Hákarl, o tubarão fermentado da Groelândia, ganhou seu lugar nesta lista porque a espécie não tem trato urinário, o que significa que todas as substâncias potencialmente tóxicas são filtradas pela carne do animal. O processo de preparação da carne para consumo leva seis meses.

Mandioca (aipim oi macaxeira, dependendo da região)

A mandioca é a terceira fonte mais importante de calorias nos países tropicais, por isso é de assustar que ela contenha substâncias tóxicas. Suas raízes e folhas, quando mal processadas, liberam o já citado cianeto de hidrogênio. Para evitar que isso aconteça, a mandioca precisa ser preparada com cuidado e existem diferentes maneiras de retirar o veneno: desde cozinhar a fermentar a mandioca. Sem o devido preparo, ela pode causar intoxicação aguda, o que leva a vertigem, vômitos e, em alguns casos, à morte dentro de uma ou duas horas.

Sair da versão mobile