Pacotes combo de TV, internet e telefone valem à pena?

0

Receba atualizações em tempo real grátis

Publicidade

O orçamento apertou, as contas aumentaram e chegou o momento de rever as despesas para decidir onde cortar? Em tempos de inflação mais alta, é inevitável que os gastos com lazer sejam os primeiros a serem impactados, mas essa decisão não precisa ser sinônimo de sofrimento. Readequando a distribuição do orçamento, é possível continuar se divertindo muito, mesmo que seja curtindo um filminho na TV ou aquela série na internet. Por isso é bom ficar de olho nos pacotes combo.

Como distribuir o orçamento

Em primeiro lugar é importante fazer cálculos do orçamento baseados no salário líquido, ou seja, no valor real que vai para a conta bancária no fim de mês. Após, essa definição, especialistas recomendam a seguinte distribuição:

Gastos com moradia devem consumir 25% do salário
Investimento na carreira, 15%.
Transporte, 10%.
Vestuário, 10%
Alimentação, 15%
Poupança, 15%
Outros, 10%

De forma simplificada, quem ganha R$1.000 por mês deve repassar R$250 para todas despesas do lar, R$150 em estudos, cursos e qualificações, R$100 em transporte, R$100 em vestuário, R$150 em alimentação, R$100 em gastos diversos e ainda poupar R$150.

Claro que para quem está começando a aplicar essa fórmula, pode ser um pouco complicado seguir a distribuição à risca. O importante é ter em mente que se há um gasto superior em determinado segmento é preciso cortar em outro. Por exemplo, se os valores direcionados ao transporte aumentaram, os custos com vestuário devem ser cortados. Entretanto, não se deve usar sempre esse recurso, caso contrário, perde-se a efetividade do planejamento.

Publicidade

Revendo despesas

A razão de a maior parte dos recursos (25%) estarem direcionados aos gastos com moradia é porque aí estão os maiores vilões do orçamento. Não é à toa que um levantamento feito pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL, em abril de 2016, mostrou que 85,9% dos brasileiros foram obrigados a ajustar o orçamento doméstico.

Para quem tem grandes despesas com saídas para o cinema, telefone, internet, celular e televisão pode apostar nos pacotes combo. Como exemplo usaremos um pacote da NET Combo, uma assinatura em conjunto dos serviços da NET TV, NET Fone, NET Vírtua e NET Celular, 20% mais rentável do que assinar os serviços separadamente.

Receba atualizações em tempo real grátis

Deixe um cometário :)

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.