in

Por que a recaída no uso de drogas é tão recorrente?

recaída no uso de drogas

Iniciar um tratamento de drogas em uma clínica de reabilitação é o melhor caminho para controlar o vício nas drogas, entretanto esse tratamento deve ser contínuo e completo para que as chances em ter recaídas sejam praticamente nulas.

Mas, afinal, por que a reincidência no uso de drogas é tão comum? Acompanhe o nosso blog e entenda mais!

A escolha da clínica de internação

Nos primeiros sinais de dependência em qualquer tipo de droga, seja ela lícita ou não, busque ajuda de profissionais em uma clínica de recuperação. Quanto menos tempo a droga estiver agindo no organismo, menos dificultoso será o trabalho e processo de desintoxicação.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera o uso abusivo de drogas como uma doença crônica e recorrente. Para esta instituição, o uso de drogas constitui um problema de saúde pública, que vêm ultrapassando todas as fronteiras sociais, emocionais, políticas e nacionais, preocupando toda a sociedade.

A escolha de uma clínica de recuperação feminina ou masculina deve ser levada em consideração os métodos de tratamento, profissionais especializados, casos anteriores e até mesmo a estrutura do local. Todos esses requisitos e muitos outros são necessários serem avaliados para iniciar o tratamento de álcool ou droga completo e seguro.

Não mudar os hábitos

Por mais que haja diferentes motivos para iniciar a vida no mundo das drogas, todos eles levam para o mesmo caminho de vícios, e por consequências com menores proporções, em uma internação voluntária.

Quando as causas do uso excessivo de drogas ultrapassam limites, vemos os números de mortes aumentarem e a busca pelo tratamento drogas diminuem. A Organização das Nações Unidas (ONU) elevou a sua estimativa de mortes vinculadas ao consumo de drogas no mundo para 585 mil em 2017, acima dos 450 mil óbitos que ocorreram em 2015.

O tratamento contra as drogas é eterno! Para não fazer parte desses números, é preciso mudar os hábitos, não frequentar os mesmos locais e até mesmo não ter as mesmas amizades que te acompanhavam nos mundos das drogas.

Continuidade com o tratamento de drogas

O tratamento em uma clínica de reabilitação pode ser finalizado naquele momento, mas o acompanhamento terapêutico e psicológico é contínuo. Os usuários costumam sair da clínica de internação e não continuar com o acompanhamento de profissionais, sendo que as causas, na maioria das vezes, estão envolvidas com depressão, ansiedade, rotinas turbulentas e entre outros.

A mobilidade pessoal para a obtenção da abstinência é descrita em quatro estágios, denominados de pré-contemplação, contemplação, decisão/ação e manutenção. É preciso acompanhar todos os processos para não ter recaídas e uma vida longe das drogas! Lembre-se, na manutenção trabalha-se para evitar a recaída e consolidar os ganhos.

Written by Leandro Isola

Criador do Porta Elos, formado em Gestão de TI e pai do João Olavo. É apaixonado livros e boa informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

tipos de vidros

Como escolher o vidro correto para o projeto de sacadas e fachadas de vidro?

sandália flatform

Conheça a tendência da sandália flatform