Prefeitura faz licitação para comprar caixões tamanho ‘ gordo, baleia ’

Receba atualizações em tempo real grátis

A prefeitura mineira abriu uma licitação para a contratação de serviços funerários, onde foi solicitado caixões de tamanhos grandes teve o título “serviço funerário adulto especial (gordo, baleia)”..

O caso aconteceu na cidade de Três Corações, na região Sul de Minas, na terça-feira (8), vem causando polêmica tanto na cidade como em toda a internet, muita gente se revoltou com a descrição do caixa, gordo e baleia.

já a prefeitura alegou ter usado termos técnicos quando se referiu ao tamanho, mas se desculpou depois porque seriam antigos. Pessoas que trabalham no setor dizem que hoje as medidas dos caixões são definidas como nas roupas, em formatos G, GG ou Extra G.

Veja parte da licitação :

caixão gordo baleia

Leia a nota da prefeitura :

“A Poder Executivo de Três Corações esclarece que os termos “gordo, baleia”, utilizados no processo Licitatório de Serviço Funerário, referem-se aos tipos e denominações de urnas e não guardam quaisquer referências pejorativas ao peso das pessoas que a utilizarão. Essa nomenclatura provém dos próprios fabricantes de urnas, tratando-se de terminologia regular e comum no meio funerário. Vários órgãos federais, estaduais e municipais utilizam-se dessa denominação, inclusive a Marinha do Brasil a utilizou em seu Pregão nº 023/2017. Dessa forma, o Poder Executivo de Três Corações nunca teve o intuito de ofender ou causar constrangimento a qualquer pessoa, agindo estritamente dentro dos limites legais. Contudo, caso qualquer cidadão tenha se ofendido, receba nesta oportunidade, formalmente, o pedido de desculpas do Município que, para evitar futuros transtornos, procurará outros fornecedores que se utilizem de nomenclaturas politicamente corretas, obviamente respeitando o princípio licitatório da busca pelo menor preço”.

E você o que achou disso ?

Receba atualizações em tempo real grátis

Comentários