"Rede social do crime" rende prisão a jovens britânicos

0

Receba atualizações em tempo real grátis

Publicidade

Três jovens britânicos foram condenados na última quarta-feira (2) por criar uma espécie de rede social do crime. A página em questão trazia tutoriais para fabricação de drogas e explosivos, além de informações sobre milhares de cartões de crédito roubados – também ensinava como hackear os cartões.

De acordo com o portal Terra, o Gh0stMarket.net contava com cerca de 8 mil usuários e era mantido por Nicholas Webber, de 19 anos, e Ryan Thomas, de 18. Os dois foram sentenciados a cinco e quatro anos de prisão, respectivamente, e o designer do site, Gary Kelly, de 21 anos, firacá preso por cinco anos.

Em outubro de 2009, quando ainda estavam na escola, os garotos foram presos ao tentarem usar um cartão de crédito roubado para pagar a conta de um hotel. Quando isso aconteceu, pagaram fiança e foram para a Espanha, mas foram presos outra vez, em 31 de janeiro do ano passado, por tentarem entrar no Reino Unido.

Publicidade

Com o computador de Webber em mãos, a polícia descobriu informações de cerca de 100 mil cartões de crédito. O golpe ficou conhecido como “Crimebook” e, de acordo com as autoridades locais, pode ter lesado mais de 65 mil contas bancárias. Estima-se que o prejuízo esteja na casa dos £ 16,2 milhões.




Receba atualizações em tempo real grátis

Deixe um cometário :)

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.