saúde mental
in

Redes sociais e saúde mental : qual a relação?

Publicidade

Recentemente, o Instagram anunciou uma alteração que deu o que falar: a remoção  do contador de curtidas na rede social. Uma das justificativas para a mudança, segundo a empresa é preservar a saúde mental e a autoestima do usuário.

Há opiniões diversas sobre esse assunto, mas, sem dúvidas a novidade do momento chama atenção para um tema que é recorrente: a relação das redes sociais com a saúde mental.

De acordo com uma pesquisa divulgada pela Social Media Trends em 2018,  cerca de 57 milhões de usuários fazem parte do Instagram no Brasil e essa é a rede do momento.

Na sequência, o Facebook conta com 130 milhões de usuários ativos e o ranking segue com outras redes como o WhatsApp.

Dados de uma pesquisa do Futuro Digital em Foco Brasil também revelam uma realidade que precisa ser analisada neste cenário: 45% dos brasileiros gastam, em média, 650 horas nas redes sociais. Qual  é a relação disso com a saúde mental

Segundo especialistas, esse período corresponde a quase 30 dias – uma média de 216 horas que poderiam se transformar em uma boa noite de sono, além do tempo de estudo, lazer e atividades diárias.

Publicidade

A vida fora das redes sociais é possível

redes sociais depressão

Não há como fugir da tecnologia em nossa vida. Mas, considerando que há pesquisas e profissionais que indicam que as pessoas podem sim criar uma rotina que se torna favorável ao surgimento de doenças como a depressão, é muito importante viver a vida fora das redes sociais.

No audiovisual, séries como a Black Mirror já alertam uma realidade futurista mas que já acontece: a busca pela imagem de felicidade nas redes e a necessidade de aprovação constante pelos seguidores. Por isso, preserve a sua saúde. Isso pode ser feito com o auxílio de um psicoterapeuta e também com a prática de hábitos saudáveis como ler, descansar e aproveitar a vida fora das redes sociais.

Pense nisso, afinal de contas: sua saúde mental agradece.

Written by Bruna Martins Oliveira

É jornalista formada pela PUCPR. Autora da monografia ‘O Transtorno Bipolar na perspectiva da mídia: uma análise do Paraná no Ar’ e escreve para áreas como saúde, bem-estar e comunicação.

What do you think?

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Como lavar roupas brancas da forma correta

filme o rei leao

Vale a pena assistir o Rei Leão ?