in

Sony dá acesso grátis para acalmar usuários

A Sony conquistou alguns jogadores depois que começou a oferecer acesso gratuito a conteúdo premium da PlayStation Network como forma de compensar o vazamento de detalhes pessoais de 78 milhões de contas de usuários. Muitos usuários do PlayStation em todo o mundo ficaram zangados e frustrados com a demora da Sony em alertá-los sobre uma das maiores violações de segurança na história da Internet. Um primeiro aviso da empresa só surgiu uma semana depois que a Sony detectou um problema na rede, em 19 de abril.

No domingo, a empresa pediu desculpas e disse que reativará a PlayStation Network gradativamente, com segurança ampliada, e que oferecerá alguns conteúdos gratuitos aos usuários.

“O estrago está feito para a Sony não importa em que escala a empresa venha distribuir conteúdo a essa altura. A companhia terá que realizar um esforço prolongado para reconquistar a confiança dos clientes”, disse Jay Defibaugh, diretor de pesquisa de ações da MF Global, em Tóquio.

A notícia causou milhares de comentários no blog do PlayStation e na página da empresa no Facebook, muitos dos quais positivos.

“É bom descobrir que a Sony respeita e se preocupa tanto com seus clientes”, afirmou um usuário identificado como “Ragabunny”. “Honestamente, jamais duvidei da Sony quanto a isso. Como proprietário do PlayStation desde o primeiro console, sempre soube que eles são bons em reconhecer problemas em sua infraestrutura e no mundo dos jogos.”

Outros manifestaram insatisfação. “O ponto é que vocês pegaram nosso dinheiro e não protegeram nossos dados pessoais e de cartão de crédito. Nem sei como vocês poderiam compensar isso”, afirmou um usuário do site identificado como “rawstory”.

Alguns usuários comentaram ainda que vão ter interesse em registrar dados de cartão de crédito na rede no futuro.

“Apesar de eu nunca mais colocar informações do meu cartão em suas mãos de novo, se eu vier a comprar qualquer coisa da PSN vai ser via cartões pré-pagos”, disse o usuário “leukoplast”. O Goldman Sachs estimou que o impacto total no resultado da empresa deve ficar abaixo dos 50 bilhões de ienes (615,5 milhões de dólares). Muitos usuários abrem múltiplas contas e o número total de cartões de crédito válidos registrados na rede é de 10 milhões.

Written by Leandro Isola

Criador do Porta Elos, formado em Gestão de TI e pai do João Olavo. É apaixonado livros e boa informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Usuário do Twitter informou ao vivo ataque a Osama Bin Laden

Bin Laden gera mais de 5 mil tweets por segundo