in

Steve Jobs vai apresentar iCloud

CEO da Apple reaparecerá na conferência anual de desenvolvedores da companhia. Steve Jobs, vai lançar a próxima geração de softwares da companhia – o Lion, oitava atualização para Mac OSX, e o iOS 5, nova versão da plataforma móvel da empresa e o iCloud, serviço de armazenamento de arquivos em nuvem. Os anúncios serão feitos na abertura da conferência para desenvolvedores da companhia, a Worldwide Developers Conference (WWDC), no dia 6 de junho, informou a companhia em comunicado.

Essa será a segunda aparição oficial do executivo no ano, desde seu afastamento, a primeira foi durante o lançamento do iPad 2, em março. No dia 17 de janeiro, Jobs anunciou que entraria de licença para cuidar da saúde. Apesar de não ter dado mais informações sobre seu estado, especulações davam conta de que o câncer pancreático, que foi diagnosticado pela primeira vez em 2003, havia voltado ou que ele teria complicações com o transplante de fígado pelo qual passou, em 2008.

O COO da companhia, Tim Cook, ocupou o seu lugar no comando das operações corriqueiras, mas Jobs afirmou que continuaria como CEO e ainda ficaria envolvido nas principais decisões estratégicas da Apple.

iCloud

Trata-se de uma nova base de serviços hospedada em servidores da internet, ou “na nuvem”, no jargão atual da tecnologia de informação. Os detalhes sobre as funções e o custo do serviço devem ser anunciados apenas na próxima semana. Especula-se, no entanto, que o iCloud permitirá o armazenamento de arquivos de música na rede, que poderão ser acessadas de qualquer lugar.
A Amazon já oferece serviço semelhante para donos de aparelhos com sistema operacional Android, e o Google começou recentemente a testar sua versão do produto.

Written by Leandro Isola

Criador do Porta Elos, formado em Gestão de TI e pai do João Olavo. É apaixonado livros e boa informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Google admite falha em aliança com Facebook

Sony é atacada novamente por Hackers